Natal, uma cidade violentada

Ah! que saudades tenho da Natal de minha juventude! Corriam os anos 60 do século passado. Não desfrutávamos das comodidades que hoje temos: internet, celular, shopping center, supermercado, tv de

LEIA MAIS
chopp

O chopp é uma festa

Croniketa da Burakera #19, por Rubens G Nunes Sem essa de que cerveja é mais refinada. Pra mim o chopp é uma festa! A cerva é mais séria. Mais responsa.

LEIA MAIS

A insustentável leveza das gordas

Croniketa da Burakera #16, por Ruben G Nunes Campanhas de portos, mares e bares! Brau! Toda gorda é um feriado. Feriadão. Desses que fazem bem a alma e ao corpo. Que começam na quinta, enforcam a sexta, entram pela segunda. Feriado tem sempre a cara do dia feliz, cheio de luz. De cervejinhamiga, Da praiamanera. […]

Leia mais

POEMA: A greve é grave

A GREVE É GRAVE grave greve grana grossa grita gruda grudenta greluda grinfa greve grunf! grunf!.. ordem desordem progresso regresso ou vai ou racha ajoelha reza… quiporra-é, mané? boiôiô! boiôiô!.. brother! tocou boiôiô geral! zumba! quizumba! zumba! ou dá ou desce o petróleo é nosso ou num-é? eita nó da porra! etanol da porra! gasolina […]

Leia mais

O histórico bar Carneirinho de Ouro

O Carneirinho de Ouro era um festivo clube de lazer, fundado em 1936, à Avenida Tavares de Lira, Nº 54, esquina com a Rua Doutor Barata, 1º andar. Esse ponto da Ribeira era conhecido como a Esquina do Mundo, pois era ali que se reuniam comerciantes, industriais, exportadores e importadores, comerciários, políticos, profissionais liberais de […]

Leia mais

No avião de Joe Cocker

Amanhecemos no aeroporto da pequena cidade. No interior da nave, reinava um silêncio de basílica. Tripulação e passageiros dormiam em estado de completa serenidade sobrenatural. Sem fazer nenhum barulho, desci do avião rumo à feira. Fui rápido e voltei depressa. Quando cheguei com a cesta cheia de carambolas causei sucesso. Ao despertar, o dono do […]

Leia mais

Imenso Carlança

Espero que não tardiamente possa escrever sobre o gigante Carlança, músico que nos deixou precocemente na última terça-feira, vítima de complicações de diabetes. Era um músico fabuloso, instrumentista autodidata assuense que arregalava os ouvidos do mais exigente espectador. Dono de uma habilidade incomum para, por exemplo, expressar o complexo gênero do chorinho em uma guitarra […]

Leia mais

SONHOS TORTOS: Deserto

Deserto Ouça mesmo Aquilo que não existe numa Imensidão, Entre teu olhar e o sentimento, Que foge pelo ar. Ouça o zumbido Do deserto À passeio Que sopra longe Brando e triste Capaz de causar espanto. Existe uma gota De esperança Que pinga nas horas latentes da minha solidão Entre o deserto, E o teu […]

Leia mais

Stalin ou uma profecia da controvérsia

Publicado em 1986, pela editora Moderna, o livro Stalin, de José Arrabal e José Carlos Estevão é bastante generoso e importante para quem se interessa em conhecer um pouco da Revolução Russa de 1917 que, apesar das suas contradições, pode ser entendida como um ponto de partida para uma nova história da humanidade. Trata-se de […]

Leia mais