Na resistência pela arte, Bardallos promove Quinta Discow hoje na Cidade Alta

A roda de samba em frente ao Bar de Nazaré sucumbiu à reclamação da vizinhança. O tradicionalíssimo Bar da Meladinha fechou as portas diante da crise financeira. Mas o Bardallos Comida e Arte segue na resistência com palco, paredes e história abertos à arte e cultura potiguar. E nesta quinta volta com o projeto Quinta Discow, com discotecagem comandada pelo DJ Samir e convidados a partir das 20h30. A entrada é R$ 10 revertido em uma cerveja de 600 ml da Original.

O projeto Quinta Discow acontece desde março deste ano, em todas as quintas-feiras do mês. A ideia do produtor Lula Belmont e do curador do Bardallos, Ricardo Nelson, foi pensar uma opção diferenciada aos clientes após o término da roda de samba, que atraía centenas de pessoas ao Centro Histórico de Natal. Quando acaba o batuque, boa parte migrava para a discotecagem até às 0h. O samba acabou, mas o Quinta Discow permanece e com boa aceitação do público. Pelo Beco é que se anda!

SERVIÇO

Quinta Discow
Onde: Bardallos Comida e Arte
Data e hora: quinta (22), a partir das 20h30
Quanto: R$ 10 (com direito a uma cerveja de 600 ml da Original)


O Bardallos Comida e Arte é um espaço gastronômico e cultural aberto em 2005 pelo decano produtor Lula Belmont, fundador do bloco carnavalesco As Kengas e do saudoso bar Vice-Versa. O Bardallos foi aberto com o propósito de manter a chama boêmia e artística da Cidade Alta acesa. O espaço, localizado na Rua Gonçalves Ledo, 678, abre diariamente para almoço e tem sido palco para a arte potiguar na noite natalense, seja para música, performances, celebrações ou exposições. Contato: 9 9198-0045 (Ricardo Nelson).

About The Author: Sérgio Vilar

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *