vibrafone

Vibrafone: do Erudito ao Popular nessa quinta no TCP

O espetáculo VIBRAFONE: do erudito ao popular, consiste em apresentar ao estado potiguar um espetáculo único por se tratar de um instrumento musical pouco conhecido em nosso país. Os músicos que integram o espetáculo são: Fernando Menino; Paulo Silva; Franklyn Nogvaes; João Vitor e Leandro Claudino. Todos com vasto currículo em formação musical e participação em grupos musicais. O Show foi selecionado para se apresentar dentro do Edital Pauta Livre Teatro de Cultura Popular Chico Daniel, um programa da Fundação José Augusto (FJA).

A intenção do espetáculo é fazer com que o ouvinte possa conhecer o vibrafone passear em diversos estilos musicais, desde a música de concerto até os clássicos da música popular, no qual podemos incluir a bossa nova, o samba, baião, choro, rock, tango e o jazz. A abordagem no instrumento para o espetáculo se dá em músicas que exigem uma certa fidelidade na execução das músicas através de partituras, assim como músicas que abrem espaços para a improvisação e criatividade.

O objetivo central é fazer com que o vibrafone possa ser divulgado no estado do Rio Grande do Norte, proporcionando cultura e conhecimento. Dentre os compositores que estarão presente no repertório podemos citar obras de Ney Rosauro, Astor Piazzolla, Herbie Hancock, Emmanuel Sejourne, Arthur Lipner, Tom Jobim, Paul McCartney, Luiz Annunciação e Chick Corea.

Se formos comparar a idade do vibrafone com outros instrumentos mais conhecidos como o piano ou violão, podemos chegar à conclusão que o vibrafone é um instrumento relativamente novo. Há pouco menos de três anos, o vibrafone completou 100 anos de idade. Foi inventado pelo engenheiro norte americano Herman Winterhoff em 1916, com o desejo de construir um instrumento que houvesse alguma semelhança com a voz humana, tanto na extensão, como no timbre.

O vibrafone pertence à mesma família do xilofone (teclados percussivos), porém com algumas diferenças que os distinguem, como o material das teclas e o tempo de ressonância. O vibrafone é feito com teclas em alumínio e possui um pedal, assim como no piano, para a sustentação das notas.

Após a ascensão do jazz, nos meados do século XX, o vibrafone ganhou destaque na música popular norte americana, com grandes referências no instrumento. Podemos citar Milt Jackson, Gary Burton, Lionel Hampton, Dave Samuels entre outros. Em paralelo, a música erudita ou música de concerto também tem utilizado este instrumento para obras solo ou inseridos em música de câmara.

SERVIÇO

Vibrafone: do Erudito ao Popular
Local: Teatro de Cultura Popular
Dia: 16 de maio
Hora: 19h
Preço: R$ 14 e R$ 7 meia

Sobre o autor

Redação

Obrigado pela visita!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *