Baobá do poeta

Curta-metragem sobre baobá de Natal será exibido na Áustria

O curta-metragem ‘O Baobá e seu poeta’ será exibido na Áustria, dia 5 de abril, com a presença do poeta e acadêmico Diogenes da Cunha Lima, que na ocasião fará palestra sobre o tema Brasil-Áustria.

Mas nesta quarta-feira, o curta também será apresentado na Academia Norte-rio-grandense de Letras (ANRL), no projeto Biblioteca Viva. Durante a cerimônia também se fará homenagem aos 90 anos do acadêmico Jurandyr Navarro e palestra musical com Roberto Lima. Programação iniciada às 16h30.

O filme traz recortes da biografia de Diogenes da Cunha Lima e um diálogo poético que retrata o famoso baobá da capital potiguar em vários níveis. Foi produzido em 2017 e selecionado para exibição em diversos festivais, sempre bastante aplaudido.

Com 17 minutos de duração, tem roteiro de Woldney Ribeiro, direção de Walton Schiavon e é protagonizado pela atriz Toni Silva (Melhor Atriz no Cine Fest RN 2018).

O baobá

O baobá (Adansonia digitata) é uma árvore da família das bombacáceas, nativa de regiões tropicais da África. Pode viver mais de 2 mil anos e chegar a 20 metros de altura com um tronco gigantesco, que
pode alcançar mais de 10 metros de diâmetro. A casca tem propriedades medicinais.

O Baobá do Poeta fica na Rua São José, no bairro Lagoa Nova, próximo ao cruzamento com a Avenida Alexandrino de Alencar, na Zona Leste de Natal. São 19 metros de altura e um tronco com mais de 6 metros de diâmetro.

Sensível e belo visualmente, o curta-metragem “O Baobá e seu Poeta” relembra a história dessa árvore que pode ter sido a fonte de inspiração para o escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, autor do clássico “O Pequeno Príncipe”, publicado em 1943 nos Estados Unidos.


Com informações de Antonio Nahud

FOTO: Ricardo Araújo

Sobre o autor

Redação

Obrigado pela visita!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *