Para amanhecer poesia de Moacy Cirne

Sérgio Vilar21 de março de 2019Poesia, Image

POEMA PARA A MULHER AMADA

teus horizontes
quero lamber teus incêndios teus crepúsculos teus
delírios teus silêncios quero
lamber teus gemidos
teus morangos teus sonhos teus desejos
teus mistérios quero
lamber
tuas planícies tuas auroras tuas acácias
tuas alegrias
tuas luas
tuas alegorias
tuas carnes tuas palavras
eu quero

(Moacy Cirne)

Sobre o autor

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *