Para amanhecer poesia de José Bezerra Gomes

PIX: 007.486.114-04

Colabore com o jornalismo independente

DORALICE, A MULTÍPLICE…

A música não é porque não estão tocando…

O artista também não porque não estão pintando…

— É Doralice, a inúmera,

saindo das chamas do fogo,

cavalgando nas ondas do mar…

A noiva não é porque não estão bordando…

O recém-nascido também não porque não estão chorando…

— É Doralice, a multiplicada, vestida na minha sombra.

(José Bezerra Gomes)

Redação

Redação

Obrigado pela visita!

WhatsApp
Telegram
Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *