Teatro-Alberto-Maranhao

Obras no TAM estão 30% concluídas, segundo FJA

Sérgio Vilar12 de março de 2020Artes Cênicas, , Image

Artistas de Natal e outros municípios têm se organizado para um “abraço” simbólico ao Teatro Alberto Maranhão, fechado desde julho 2015. A data para o ato está previamente agendada para o próximo dia 27, Dia Internacional do Teatro, às 16h.

Diante da manifestação, procuramos a direção da Fundação José Augusto a respeito do assunto. E eles emitiram uma nota oficial, que segue na íntegra:

Nota sobre o Teatro Alberto Maranhão

“As obras de restauro do Teatro Alberto Maranhão (TAM) prosseguem em ritmo normal desde o seu início, com serviços executados nas fachadas, portas, janelas, cadeiras, poltronas, coberturas; instalações de climatização, redes elétricas, hidráulicas, sanitárias e combate a incêndio, acessibilidade, entre outros serviços.

O percentual de execução já ultrapassou os 30% e o Governo do Estado trabalha neste momento para estabelecer uma previsão oficial para a conclusão da obra.

O projeto de restauração do equipamento foi aprovado e está sob fiscalização pelo Instituto do Patrimônio Artístico Nacional (IPHAN).

Para conferir total transparência na execução da obra, a Fundação José Augusto instituiu, através da portaria Nº 036/2019, publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) no dia 23 de maio de 2019, uma comissão de fiscalização, composta por sete integrantes da sociedade civil, eleita democraticamente pelo Setorial de Teatro do Rio Grande do Norte.

O restauro do equipamento foi orçado em R$ 9,6 milhões e conta com recursos do Banco Mundial, por meio do Governo Cidadão.

No entanto, o projeto elaborado pela gestão passada continha erros técnicos, que exigiram adequações já realizadas pela atual gestão. Um exemplo é a não inclusão da reforma da caixa cênica do teatro. O Governo do Estado estuda alternativas para resolver o impasse, mas depende de disponibilidade de recursos.”

Sobre o autor

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *