O Caderno de Deuzivaldo…

tácito costa

PIX: 007.486.114-04

Colabore com o jornalismo independente

…de Tácito Costa.

Uma delícia. Esse é o adjetivo apropriado. Estava com a novela e um outro volume de crônicas na fila de espera. Não que estivesse lendo outros títulos. Não. Nesse tempo de corre corre pra quase nada fiquei sem ler livros. Só agora catei o bicho. Apesar do hábito da leitura dinâmica, adquirido há muito tempo, estou lendo o “Caderno” lentamente. Degustando. Quando acabar, completarei o comentário. Não sou crítico literário, mas no catálogo pessoal é uma Novela. De primeiríssima qualidade. Tácito é um craque no uso da palavra certa, posta na frase precisa. Tudo na medida. Com o toque de tempero de um suspense manso. Agradabilíssimo.

François Silvestre

François Silvestre

Ex-Presidente da Fundação José Augusto. Jornalista. Advogado. Escritor. Escreveu, entre outros, A Pátria não é Ninguém, As Alças de Agave, Remanso da Piracema e Esmeralda – crime no santuário do Lima.

WhatsApp
Telegram
Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *