Hoje tem Insurgências Poéticas de graça no Bardallos

Na terça-feira, véspera de feriado, vai rolar o Bardalando a Cidade, evento que busca movimentar a cena cultural do tradicional ponto de cultura natalense, o Bardallos Comida e Arte, mais especificamente, dentro do mundo particular chamado Beco da Lama. Lugar sempre querido, e ponto de encontro da juventude e da boemia natalense.

Na programação, o já consolidado Sarau Insurgências Poéticas, com Marina Rabelo e Thiago Medeiros, trás a força da poesia potiguar, a exposição fotográfica de Evaldo Gomes, e o Teatro dos grandes atores/atrizes Eliene Albuquerque, primeira atriz natalense a conseguir registro profissional, e do igualmente decano ator João Antônio do Vale (FOTO).

Por fim, Felipe Nunes faz voz e violão trazendo as canções autorais, além de uma completa antropofagia com os compositores e músicos que lhe inspiram: Baden Powell, Milton Nascimento, Jards Macalé, Caetano Veloso, Djavan, João Bosco, Vinícius de Moraes, dentre outros.

O projeto “Bardalando a Cidade” foi contemplado pelo Edital Território Cênico da Fundação Capitania das Artes/Prefeitura do Natal.

O acesso é gratuito!

SERVIÇO

POESIA
Marina Rabelo e Thiago Medeiros

TEATRO
Eliane Albuquerque e João Antônio Vale com a esquete “Navarro a Gota D’Água”

EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA
Evaldo Golmes com a exposição de fotografias de artistas potiguares e nacioais

MÚSICA
Felipe Nunes “Uma antropofagia brasileira” cantando autorais e clássicos da música popular brasileira, Caetano Veloso, João Bosco, Gonzaguinha, Milton Nascimento, Baden Powell, dentre outros.


FOTO: Ivanízio Ramos (João nos anos 90, na peça Apareceu a Margarida)

About The Author: Sérgio Vilar

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *