Oito artistas homenagearão Franklin Mário neste sábado em Ponta Negra

Um grupo de artistas, entre cantores, poetas e compositores, todos com algum grau de envolvimento com a obra musical de Franklin Mário, apresentarão no palco do Acabou Chorare, neste sábado, às 20h30, o show Esperança! – Canções de Franklin Mário.

Reunidos por afinidades com a obra do compositor, falecido em maio desse ano, se apresentarão individualmente ou em duetos, interpretando músicas do vasto repertório deixado pelo artista, sejam parcerias ou canções concebidas individualmente por ele.

Estão elencados Samir Almeida, Antoanete Madureira, Donizete Lima, William Guedes, Antônio Ronaldo, Esso, Bob Bezerra e Amélia Freire, todos com uma relação de convívio bastante expressiva com o músico, o que resultou em muitas composições.

FRANKLIN MÁRIO

Franklin desenvolveu seu trabalho desde meados da década de 1980, radicado na Cidade da Esperança, zona oeste da capital potiguar, a quem retratou em muitas de suas letras, descrevendo seus tipos e aludindo a fatos e acontecimentos do lugar.

Uma outra característica sempre lembrada é a importância que ele teve no estímulo ao surgimento de novos artistas no bairro, contribuindo decisivamente para o fomento ao movimento cultural que se desenrolou lá, num período efervescente que marcou época na festa da padroeira, com ações artísticas que atraíam toda a comunidade e fez nascer um núcleo de novos criadores, principalmente na cena musical.

Nos últimos anos, Franklin se abriu para circular um pouco mais fora desse círculo e ativou novas conexões, inclusive com novos parceiros, tendo lançado pouco antes de sua morte o álbum Traçados, dividido com Antônio Ronaldo. Ele está presente ainda em várias faixas de Virou Flor, o primeiro CD de Antoanete, também lançado já em 2018.

Suas músicas estão presentes nos discos de vários outros artistas. Esso gravou dele a canção Depois do Cansaço, no seu disco de estreia, e As Mulheres, dos dois, no segundo.

“Franklin é um compositor muito versátil, com um repertório muito significativo, inspirado, que retrata em muitos aspectos a tipicidade do natalense, traduzindo com notável beleza um pouco do que somos”, diz.

Por essa razão, e em reconhecimento ao trabalho do amigo, Esso está organizando essa reunião artística, onde cada um cantará 3 músicas do autor admirado, numa ocasião em que ao mesmo tempo que se celebra sua obra também se lamenta a sua partida tão precoce.

About The Author: Redação

Redação

Obrigado pela visita!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *