CURTINHAS: Geraldo Carvalho nos EUA, Casa da Ladeira, séries recomendadas e mais

POTIGUAR NOS EUA

O cantor e compositor potiguar Geraldo Carvalho, hoje radicado em Brasília, concorre na categoria Melhor Balada Pop no Prêmio USA Fox Music. Geraldo disputa com seu projeto musical Banda da Árvore, em parceria com o amigo Mário Noya, que já esteve algumas vezes por esta terrinha de Poti. Eles são os representantes brazucas entre indicações norte-americanas e outros latino-americanos. Para votar em Geraldo e Noya, clique AQUI.

NOTAS DO CARNAVAL

Por onde andei e não andei tanto, assisti não só público carnavalesco, mas um orgulho de estar em Natal. A programação não deveu para nenhum outro estado. Pelo contrário, pelo que vi, teve para todo gosto. Ou quem aguenta axé baiano e frevo pernambucano durante quatro dias? Carnaval de Natal tem sido o melhor das Américas. Mas prefeito, próximo ano bota mais uns banheiros químicos no Centro Histórico, beleza?

NOTA DO CARNAVAL 2

Meus pais sempre me ensinaram que vale mesmo é a intenção. No caso da Tuiuti, vale mesmo é a mensagem deixada, a arte, a estética. Porque aplaudir escola de samba financiada por jogo do bicho e traficante, que explora trabalhadores e reclama de perda de direitos trabalhistas, é um pouco hipócrita. Fiquemos com a mensagem, com a intenção, que foi realmente marcante, histórico e noves fora Temer, merecia o título.

SÉRIES RECOMENDADAS

Acertei nas últimas séries que assisti e recomendo The Sinner e A Louva-a-Deus, e também a primeira série brasileira da Netflix, chamada 3%. Já Breaking Bad é quase unânime e já conta alguns anos, mas será desde sempre minha preferida. De Black Mirror – série com episódios independentes – destacaria San Junipero e USS Callister. Pretendo escrever post sobre algo incomum nessas séries que vi ultimamente: a banalidade da morte sob aspectos distintos.

BOSQUE ENCENA

Neste domingo, às 10h, o Bosque Encena apresenta mais uma produção da Cia Era Uma Vez, no Parque das Dunas com o espetáculo Contos de Verão. A princesa Tiana, famosa pelo filme “A princesa e o sapo” conhece bem esta estação de luz e cor… E é ela quem conta essas histórias cheias amor, como a da doce e meiga Alice, com o seu inusitado País das Maravilhas, a da Pequena Sereia e de como ela deixou o Reino de Atlântida para viver na superfície. Tudo isso embalado por muita música animada e claro, pelos personagens mais queridos das crianças de todas as idades.

CASA DA LADEIRA

A Casa da Ladeira, Centro de Cultura Popular, formado por um coletivo de artistas que, em meio as suas memórias e tradições, se encontram para protagonizar um movimento cultural, lançou um calendário de programações para este mês de fevereiro e o de março. As ações fortalecem a arte, educação e a cultura local em conexão com outras linguagens, fortalecendo a diversidade e a construção de um mundo melhor por meio da economia solidária no bairro Cidade Alta. Dá uma sacada:

About The Author: Sérgio Vilar

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *