‘Abandono’ está selecionada em uma das maiores plataformas de curta-metragens da atualidade

ABANDONO

PIX: 007.486.114-04

Colabore com o jornalismo independente

Nos últimos tempos é inegável que um percentual significativo das boas notícias da cultura potiguar é oriundo do segmento do audiovisual. Nesta semana algumas delas estão atreladas ao curta metragem ABANDONO, dirigido por Seo Cruz e Marcos Bulhões, que acabou de ser agraciado com Menção Honrosa pela curadoria da plataforma internacional Think Shorts, considerada uma das maiores plataformas de filmes de curta metragens da atualidade, tendo no seu catálogo alguns milhares de curtas, provenientes dos mais diversos países. Com a honraria ABANDONO está entre os candidatos a Melhor Curta do Mês, páreo que quando for implementado, vai ser decidido pelos usuários da plataforma.

Aqui pelo Brasil, ABANDONO também trilha sua estrada: está selecionado para a terceira edição do Festival Cine Urutu que acontece a partir desta sexta 12/11 no estado de São Paulo, onde chega indicado para a categoria de Melhor Roteiro. Pelas circunstãncias decorrentes da Covid o Festival Cine Urutu, que usualmente ocorre de forma presencial na cidade de Pindamonhagaba, acontecerá em formato on line, com os “ingressos” gratuitos que dão acesso às exibições on line podendo ser retirados na página do festival no sistema Sympla.

Retornando ao exterior, pelas vias do Aporia International Village Film Festival, em dezembro próximo, ABANDONO tem exibições em diversas localidades da Coreia do Sul, entre elas, Seoul, Inje, Daegu, Jinan e Jeju Island. Sendo esta na realidade a segunda estadia do curta naquele país, já tendo ele em outubro participado por lá de um outro festival, o NowHere Film Festival.

No curta-metragem, com o roteiro alinhavado pelo trio Paolo Araújo, Marcos Bulhões e Seo Cruz, o elenco composto por Elcimar Macedo, Maria Di Lia, Manoel Gomes, Nara Salles, Riccardo San Martini e Vânia Maria, integrantes do Coletivo Maribondo Caboclo, atua sem diálogos, a beira mar da praia de Ponta Negra, em ações que buscam aflorar no imaginário do espectador, sensações, inquietações, significâncias ao redor do signo ABANDONO.

Scilla Gabel, produtora do filme, coordenadora da ÍCONE-MUDERNAGE, empresa que toca a ação de fazer o filme circular, comenta: “De uns anos para cá o audiovisual do RN está em uma fase bem interessante. Importantes festivais do cinema brasileiro estão selecionando obras do Rio Grande do Norte. Recentemente teve produção potiguar no Festival de Cannes na França, há filmes potiguares nos mais distintos recantos do Brasil e exterior.”

ABANDONO teve sua primeira exibição em agosto de 2021 no Festival Goiamum Audiovisual (Natal/RN). A obra foi filmada de forma independente e contou na etapa de finalização com recursos da Lei Aldir Blanc Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal

FICHA TÉCNICA

direção: SEO CRUZ / MARCOS BULHÕES
roteiro: MARCOS BULHÕES / PAOLO ARAÚJO / SEO CRUZ
produção executiva: SCILLA GABEL
fotografia: RICARDO PINTO / SEO CRUZ
montagem: ÍCONE-MUDERNAGE
trilha sonora: XABLAIR
desenho de Som: ÍCONE-MUDERNAGE
arte/figurino: COLETIVO MARIMBONDO CABOCLO
realização: ÍCONE-MUDERNAGE / COLETIVO MARIMBONDO CABOCLO
Links:
Redação

Redação

Obrigado pela visita!

WhatsApp
Telegram
Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *