Filme potiguar aborda falha do sistema e “Abandono’ da humanidade

filme ABANDONO

PIX: 007.486.114-04

Colabore com o jornalismo independente

O lançamento oficial do filme ABANDONO será nesta quarta-feira (15) às 21h. O curta-metragem potiguar teve pré-estreia com pé direito, foi selecionado e exibido mês passado no Festival Goiamum Audiovisual. A obra conta com a direção de Seo Cruz e Marcos Bulhões e terá o lançamento em formato virtual, fuzuê que abrange a exibição do filme no canal da Mudernage no Youtube, e bate papo on line com integrantes do elenco, diretores e equipe técnica.

Uma realização do combo cultural/produtora Mudernage em parceria com o Coletivo Maribondo Caboclo, o filme, numa narrativa visual poética, performada a beira mar de Ponta Negra pela(o)s artistas Elcimar Macedo, Maria Di Lia Oliveira, Manoel Gomes, Nara Salles, Riccardo San Martini e Vânia Maria, envolta na trilha sonora de Emanoel “Xablair” Batista, busca trazer imagens-sons, sensações, personas, inquietudes… transpiradas na sinopse: “Na travessia do campo minado da peste que nos ameaça, agravada pelo despreparo e descaso do sistema, o que restará de nossa humanidade?”.

Sobre o filme os diretores comentam: “As filmagens de ABANDONO foram realizadas bem antes da pandemia, no entanto, os significados e sentidos que transitam essa temática, infelizmente, nunca foram tão atuais e intensamente vivenciados”. A produtora da Mudernage, Scilla Gabel, em dado momento confidencia: “ABANDONO me leva a refletir não só o ser (humano), mas, também o ambiente… o meio ambiente”. Acerca da trilha sonora, Xablair, em tom mais enigmático que de afirmação, descortina: “Entre outras coisas me pediram para assistir obras com trilhas de Philip Glass”.

Na abordagem experimental da produção, na edição as imagens foram se ressignificando, onde assim o roteiro final foi conquistado frame a frame por Paolo Araújo e a dupla de diretores.

Mudernage

A Mudernage foi constituída em Natal/RN no ano de 1997, inicialmente como um estúdio de áudio/vídeo. A partir dos anos 2000 deixou de ser apenas prestadora de serviços, tornando-se também protagonista em ações culturais na área de audiovisual e música.

O Coletivo Maribondo Caboclo surgiu em 2007 a partir de oficinas de performance ministradas na Capitania das Artes. DNA, Guerra Santa, Natal for Sale, são algumas das ações performativas realizadas pelo coletivo.

ABANDONO teve a etapa de produção/filmagem efetuada de forma independente. Já a parte de finalização (edição de imagem, trilha sonora e edição de som) foi realizada com recursos da Lei Aldir Blanc Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal

Abandono – Lançamento oficial

O que:  lançamento oficial do filme ABANDONO

Onde:  canal da Mudernage no Youtube

link direto → https://youtu.be/d03-aIx80jw

Quando: quarta-feira 15/09/2021

Hora: 21h

Redação

Redação

Obrigado pela visita!

WhatsApp
Telegram
Facebook
Twitter
LinkedIn

1 Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *