Contos potiguares e música nordestina no Parque das Dunas neste domingo

O Fuxico de Feira será a atração deste domingo (08), 16h30, no Som da Mata. O grupo é formado por Fernandinho Régis (viola), Felipe Érick (sanfona e violão de 7), Abner Moabe (flauta e percussão) e Valério Felipe (percussão). Inspirados pela diversidade da música brasileira, o Fuxico de Feira possui uma proposta que passa pela música nordestina e pelo universo da viola, trazendo consigo a influência de importantes movimentos da música brasileira como o Clube da Esquina, além de um trabalho de pesquisa dentro da cultura de tradição oral.

O Fuxico de Feira tem como padrinho o flautista, cantor e compositor Carlos Zens, que além de possibilitar o encontro dos quatro, ainda emprestou o nome de uma de suas músicas para batizar o grupo.

Para esta apresentação traz um repertório especial que passa por Carlos Zens, Milton Nascimento, Dominguinhos e remonta no palco a charmosa Bandinha de Pífano de Caruaru, além de contar com a participação especial de Zens e da sanfoneira Carol Benigno.

O Som da Mata acontece graças à renúncia fiscal da Prefeitura através da Lei Djalma Maranhão e do aporte financeiro da Unimed Natal, CEI Romualdo Galvão, e Intercity Hotels, além do apoio do Governo do Estado através do Idema que cede o espaço onde acontece o evento.

BOSQUE ENCENA

Mais cedo, às 10h, acontece o espetáculo Contos Potiguares do grupo Acordo Coletivo, pelo projeto Bosque Encena, também no anfiteatro Pau-brasil, no Parque das Dunas.

A obra é livremente inspirada nos contos tradicionais brasileiros, recolhidos por Câmara Cascudo, e conta a saga de um príncipe que percorre vários reinos em busca da pedra da vida, para que assim possa salvar a princesa Juliana.

O projeto Bosque Encena acontece graças à renúncia fiscal da Prefeitura através da Lei Djalma Maranhão e do aporte financeiro do CEI Romualdo Galvão, Natal Veículos e Unimed Natal, além do apoio do Governo do Estado através do Idema que cede o espaço onde acontece o evento.

Ambos os espetáculos são gratuitos, e para ter acesso ao Parque é cobrado a taxa de R$ 1,00.


FOTO: Tiago Lima

 

About The Author: Redação

Redação

Obrigado pela visita!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *