Cineclube Mulungu programa a Sessão “Outros Nortes”

PIX: 007.486.114-04

Colabore com o jornalismo independente

O Cineclube Mulungu realizará a segunda sessão do projeto “Imagens do Brasil Contemporâneo” nesta quarta-feira, 29 de maio, às 16h, no Auditório 1 do Departamento de Comunicação Social da UFRN (DECOM/UFRN).

A sessão intitulada “Outros Nortes” trará para o público potiguar três curtas-metragens de autoria negra e indígena das cidades de Belém (PA), Boa Vista (RR) e Manaus (AM). A intenção do projeto é difundir as produções independentes, ainda inéditas no Rio Grande do Norte, com representatividade étnico-racial e geográfica, visando debater a diversidade de narrativas cinematográficas do Brasil.

Como afirma o curador Anthony Rodrigues, o objetivo da sessão é “promover o resgate crítico da origem da cinematografia brasileira, que está atrelada à região norte do país a partir das expedições colonialistas promovidas por Rondon e Roosevelt, por exemplo, com o intuito de “documentar” os povos indígenas que habitam a Amazônia brasileira”.

Em complementação, o curador Rosy Nascimento afirma que “o teor colonialista dessas expedições auxiliou na difusão, por meio do cinema, de um imaginário “exótico” e “primitivo” da região, criando estereótipos relacionados à sua composição étnico-racial”.

Nesse sentido, o Cineclube Mulungu visa auxiliar na desconstrução dessas perspectivas sobre a região Norte, a partir da exibição de filmes regionais que contam com uma representatividade racial, de gênero e sexualidade.

Após a exibição dos três filmes de curta-metragem, será promovido debate com o público presente. O evento é gratuito e conta com certificados de participação.

Para acompanhar o projeto, basta acessar a página do Instagram (@cineclubemulungu).

O Cineclube Mulungu recebe o apoio da Prefeitura de Natal e do Governo Federal através da Lei Paulo Gustavo e conta ainda com a parceria do projeto de extensão Mostra Monstra, coordenado pelo Prof. Rodrigo Almeida.

Serviço:

Data: 29/05
Horário: 16h00
Local: Auditório I do Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal do Rio
Grande do Norte (DECOM/UFRN).

Programação (filmes que serão exibidos):

MARIA (Elen Linth, Riane Nascimento, 2017, AM, 16min)
Maria é um documentário sobre uma travesti, de 19 anos, estudante de pedagogia, nascida em
Manaus, chamada Maria Moraes. O filme retrata as complexidades das vivências trans e
travestis, por um viés incomum quando se trata de filmes sobre a temática.
Acessibilidade: Legenda

MINGUANTE (Maurício Moraes, 2020, PA, 20min)
Histórias se cruzam no espaço do bar ‘Zodíacos’; entre elas, está Jean. Em dias diferentes,
acompanhamos a sua conexão com o bar através das suas relações pessoais. O filme reflete a
ligação dos relacionamentos com os lugares em que eles perpassam e transitam.
Acessibilidade: LIBRAS

NOME SUJO (Roraimana, 2022, RR, 14min)
Lucas é um jovem adulto que precisa lidar com a responsabilidade de trabalhar para se
sustentar. Quando uma câmera que ele queria muito comprar entra em promoção, o jovem
inicia uma busca por meios de realizar seu desejo.
Acessibilidade: LIBRAS

Redação

Redação

Obrigado pela visita!

WhatsApp
Telegram
Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *