proarte

Artesãos potiguares vendem quase 2 mil peças em Bienal de São Paulo

Redação17 de outubro de 2019Artes Visuais, , Image

As fibras vegetais (sisal) do Vale Assu e do município do Espírito Santo, os bordados do Seridó, a cerâmica de Macaíba, e o couro da região de Natal representaram em peças a diversidade do artesanato do Rio Grande do Norte no 13° Salão do Artesanato Raízes Brasileiras 2019, no Pavilhão da Bienal de São Paulo.

Dez artesãos e as artesãs potiguares venderam de forma direta e sob encomenda, R$ 89 mil relativos a 1.949 peças que levaram ao Salão. Eles foram selecionados em edital do Governo do Estado por meio do Programa do Artesanato do Rio Grande do Norte (Proarte) da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas-RN), em parceria com o Governo Cidadão.

O 13° Salão do Artesanato é anual e está entre os maiores eventos do segmento na América Latina e reuniu 22 estados mais o Distrito Federal. É o quinto megaevento que os artesãos potiguares participaram como expositores este ano. Em média, o artesanato potiguar já vendeu cerca de R$ 1,1 milhão em 2019.

Para subcoordenadora do Proarte, Graça Leal, eventos como esse dinamizam o setor do artesanato potiguar e é responsável pelo escoamento das peças de uma forma mais direta,  fortalecendo a cultura, o turismo, a geração de renda e a integração de ações, além de consolidar a produção de artesãos autônomos, associações e cooperativas.

Proarte-RN

O Programa do Artesanato do Estado do Rio Grande do Norte (Proarte-RN) tem a finalidade de fortalecer e fomentar o desenvolvimento do artesanato potiguar, de forma integrada com o turismo e a cultura, visando a melhoria das condições de vida dos artesãos e preservando os aspectos culturais e ambientais do Estado.

O Proarte também atua na valorização, divulgação e comercialização dos trabalhos realizados por artesãos independentes, associações, cooperativas e grupos de produções dos 167 municípios do Rio Grande do Norte. Atualmente, estão cadastrados no Programa cerca de 9 mil artesãos.

Em 2019, o Proarte já viabilizou a participação dos artesãos potiguares na 24ª edição da Feira Internacional de Artesanato (Fiart), no 12º Salão de Artesanato de Brasília e na 20ª  edição da Feira Nacional de Negócios de Artesanato (Fenearte) e na 25ª Multifeira Brasil Mostra Brasil.

Sobre o autor

Redação

Obrigado pela visita!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *