Acervo histórico do jornal A República será revitalizado

PIX: 007.486.114-01

Colabore com o jornalismo independente

O jornal A República, considerado importante fonte de pesquisa para a história do Rio Grande do Norte, assim como outros manuscritos históricos pertencentes ao acervo do Arquivo Público Estadual, está em processo de revitalização. O objetivo é preservar este patrimônio bibliográfico do RN, que reúne informações sobre marcos relevantes, estatísticas, dados da economia, costumes e tradições do estado, possibilitando consultas e o desenvolvimento de pesquisas que ajudam na preservação da memória norte-rio-grandense.

Foi instituído o Grupo Interinstitucional de Recuperação do Arquivo Estadual (GIRAE), composto por membros da Secretaria de Estado da Administração (Sead), Academia Norte-rio-grandense de Letras (ANL), Instituto Histórico e Geográfico do RN (IHGRN), Departamento Estadual de Imprensa (DEI), Fundação José Augusto (FJA) e UFRN. A equipe ficará encarregada de viabilizar a recuperação e preservação do acervo público estadual, em especial o jornal “A República”, veículo de comunicação que desempenhou um papel fundamental na preservação da história e da cultura do Rio Grande do Norte.

A Sead é o órgão responsável pela guarda de arquivos públicos do Executivo. De acordo com o secretário Pedro Lopes, a conservação do periódico é uma preocupação da pasta e também uma demanda do Conselho Estadual de Cultura (CEC), visando resguardar a história do estado, por meio do seu acervo bibliográfico. “Relatamos ao Conselho o estado de conservação da coleção do jornal A República e outros documentos históricos armazenados no Arquivo Público Estadual. Acordamos então a necessidade urgente de atuar na recuperação e preservação mais adequada desses registros”, explicou.

Membros do Conselho e do GIRAE visitaram, na última terça-feira (26), o Arquivo Público Estadual. O intuito foi conferir a situação atual dos jornais e outros manuscritos, a fim de partir para o trabalho de recuperação dos documentos.

De acordo com a diretora do DEI, Flávia Celeste, responsável por coordenar o GIRAE, a coleção de A República é única que se tem notícia no RN. “Eu sou professora, historiadora, conheço vários professores da universidade, mas não sei de alguém que conheça outra coleção, saiba onde encontrar os exemplares de A República, uma coleção completa como a que temos armazenada no Arquivo Público. Se ela se perder, muita informação sobre o Rio Grande do Norte se perde”, alertou.

O trabalho do grupo ainda está no começo, mas várias ações já estão planejadas, a fim de garantir a preservação dos documentos. Segundo Flávia, a equipe vai listar os custos necessários para a restauração da coleção, a qual deve ser realizada na UFRN, quais materiais e mão de obra serão necessários para esse trabalho, entre outras atividades. “Na sequência, tão logo o jornal seja restaurado, seguiremos para a etapa da digitalização, onde serão feitas fotos, escaneamentos e, assim, consigamos eternizar os documentos no campo digital”.

Integram o GIRAE: pela Sead, o secretário Pedro Lopes, Ilana von Sohsten, Tenildo Costa e Paulo dos Santos; pelo DEI, Flávia Celeste Assaf; pela ANL, Diva Maria Cunha e Armando Roberto Leite; pelo IHGRN, Kate Coutinho de Jesus; pela FJA, Gilton Matias e Ailton Medeiros; e pela UFRN, Evanúncia Gomes, Iris Alvares, Vanessa Miranda e Mário André Oliveira. A Portaria nº 2157/2023 designando os membros foi publicada na edição desta sexta (29) do Diário Oficial do Estado.

Serviço

O Arquivo Público Estadual possui cerca de 40 mil caixas de documentos, totalizando um acervo com mais de 300 mil itens, entre documentos históricos, constituições do RN, mensagens de governadores à Assembleia Legislativa, jornais, leis, fotos, revistas e cartas, armazenados para contar a história do Rio Grande do Norte. A coleção completa do Diário Oficial do Estado – de 1933 a 2020, quando deixou de ser publicado em papel – é um dos itens preservados pela unidade.

O espaço é aberto para atendimento ao público, a fim de realizar pesquisas, das 7h às 13h, de segunda a sexta-feira. O endereço é Avenida Senador Salgado Filho, nº 2615, Lagoa Nova, com acesso pela Rua Tabelião Manoel Procópio.

Mais informações pelo e-mail arquivopublico@sead.rn.gov.br

————-

CRÉDITO DA FOTO: Aldecy Júnior/SEAD

Redação

Redação

Obrigado pela visita!

WhatsApp
Telegram
Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidos do mês