Yrahn Barreto leva seu show Eu e a Máquina à Ponta Negra neste sábado

Dando sequência ao show do novo trabalho de Yrahn Barreto, o Acabou Chorare Bar Cultural recebe Yrahn Barreto e o show “EU E A MÁQUINA”. Será neste sábado, às 21h. Yrahn se apresenta com um novo formato, levando a sonoridade do disco para o palco com Jubileu Filho assumindo o baixo e a direção musical, Larry Mateus, na bateria e cenário montado por Carlos Sérgio Borges, com produção de Jamilly Mendonça.

EU E A MÁQUINA dá nome ao terceiro e mais recente álbum do cantor e compositor Yrahn Barreto, lançado oficialmente em agosto de 2018 no SESC Cidade Alta Natal – RN. O novo CD já está disponível nas principais plataformas de streaming e terá seu exemplar físico à venda no local.

YRAHN BARRETO

Yrahn Barreto começa como guitarrista de bandas baile, e todos os shows seu pai assina uma autorização para o menino de 12 anos sair pela estrada e subir aos palcos dos clubes do interior do estado do RN, e fazer o que ele mais ama: música.

Foram diversas bandas baile e cantores do cenário potiguar e nacional, tocando pelo interior do Rio Grande do Norte e por todo o Nordeste.

“Passei por várias bandas, não passava mais que dois anos em uma banda, quando recebia o convite para integrar outra banda, eu ia (rsrs), até para enriquecer a experiência de tocar com outros músicos mais experientes que eu, e saciar minha curiosidade de aprender mais e mais”, diz Yrahn Barreto.

Aos 17 anos, Yrahn começa a enveredar pelo universo da composição, aguçado pelo conhecimento de harmonia, passado pelo grande mestre Manoca Barreto no curso de “Harmonia Funcional e Improvisação” pela UFRN, e com 19 anos de idade resolve então deixar as bandas e seguir uma carreira solo como cantor e compositor.

CARREIRA SOLO

Em 2003, o cantor, compositor e instrumentista, inicia a gravação do seu primeiro CD “Geração”, no estúdio PROMÍDIA do músico e produtor Eduardo Taufic, que dirigiu o projeto sendo lançado apenas posteriormente no ano de 2015, tendo logo em seguida o lançamento do seu segundo álbum “Ao Gosto dos Anjos”, no ano seguinte na CIENTEC (Feira de Ciência e Tecnologia da UFRN).

Daí não para mais o seu processo de composição, tanto individual como em parceria com outros compositores. Yrahn, agora bem mais experiente firma parcerias com grandes nomes da musica popular como: Escurinho, Climério Ferreira, Antônio Ronaldo, Jubileu Filho e outros grandes compositores.

Durante esses 25 anos na música, entre o músico (instrumentista) apenas, até chegar sua fase como cantor e compositor, Yrahn teve várias indicações a prêmios importantes e festivais em diversos momentos, chegando a galgar o reconhecimento como cantor e compositor premiado na música autoral do estado.

Serviço:

show: EU E A MÁQUINA
data: 01/09/2018
Hora: 21h
Local: Acabou Chorare Bar Cultural
Produção: Jamilly Mendonça
Mais informações (84) 999866971

About The Author: Sérgio Vilar

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *