Talma e Gadelha lançam Marfim

Talma&Gadelha e Luanda Luz animam Feira da Diversidade neste domingo

Sérgio Vilar6 de abril de 2019Agenda, , , Image

Um lugar de muito verde, boas energias, com música boa, opções gastronômicas e feirinha criativa com diversos artigos à venda. Tudo com acesso gratuito, ou melhor, acesso colaborativo de R$ 3 ou 1kg de alimento para doação ao Mãe Luíza Espaço Solidário. Não à toa a Feira da Diversidade chega à sua 51ª edição neste domingo, no Porão das Artes, point cultural de Pium.

Após um breve recesso no último mês de março, o projeto volta com duas atrações musicais de peso: a banda Talma&Gadelha com repertório dos seus quatro elogiados álbuns, incluso o último ‘Marfim’, e ainda o show da cantora baiana Luanda Luz, com um projeto diferenciado de temáticas sociais e intervenções artísticas em um show engajado. Tudo a partir das 12h e até 20h.

TALMA & GADELHA

Marfim é o novo disco do Talma & Gadelha. O quarto álbum veio num momento em que a banda estava renascendo e se recriando quase 8 anos após o lançamento do seu primeiro disco.

Marfim é o resultado de muitas conversas em torno de uma mesa redonda com café, risadas e reflexões. Os temas, as ideias, os personagens e principalmente as emoções vieram do cotidiano de cada um da banda.

O Talma e Gadelha tinha uma necessidade urgente em falar sobre essas histórias, sobre as suas vivências, os seus amigos, as suas expectativas e suas desilusões. Se antes era preciso Matar o Amor, agora o amor evoluiu e se tornou Três. Se em discos anteriores a banda dizia com sutileza que Se Fosse Feio o amor de que adiantaria viver? Nesse, ela exige que Parem de Nos Matar. E a história de amor que antes era entre o Roqueiro e a Hippie, agora é entre o Vaqueiro e a Drag.

Banda residente do projeto Incubadora DoSol, onde tudo começou, o Talma e Gadelha preparou nove canções gravadas no Estúdio DoSol. A produção musical foi conjunta entre os cinco músicos – Simona Talma (voz), Luiz Gadelha (voz e guitarra), Thiago Andrade (guitarra), Ana Morena Tavares (baixo) e Yves Fernandes (Bateria) – e deu muito certo.

Além de Luiz e Simona, vários parceiros musicais foram convidados e dividem a autoria de algumas músicas: Luana Alves (Luaz), Luana Rafaela Simplício (Uma Senhora Limonada), Filipe Marcus (Joseph Little Drop), Juão Nÿn (Andróide Sem Par), Eliza Cavalcante, Lucas Azevedo e Ana Cecília Soares.

O lançamento do Marfim incluiu shows no Itaú Cultural (SP), Casa Natura Musical (SP), Festival MADA e Festival Dosol 2018 (RN). O álbum ganhou o Prêmio Hangar como melhor disco de 2018. Em Maio a banda completa 8 anos de trajetória e pretende lançar o clip da música Parem de Nos Matar, com direção de Priscilla Vilela.

LUANDA LUZ

A cantora, compositora e ativista social baiana, Luanda Luz apresenta seu show “RESISTÊNCIA”, trazendo aos palcos uma intervenção artística conectada com os temas que envolvem as discussões de gênero, etnia, cultura popular e espiritualista de forma livre e plural.

​Acompanhada por uma banda de músicos experientes da cena potiguar, tal como o Jonathan Mysack(guitarra), Rob Lima (baixo), Diego Ventura (teclados), e Adler Barros (bateria), formam um projeto musical bastante diferenciado por seu engajamento com os movimentos sociais.

Temas como feminismo, racismo, homofobia e intolerância religiosa são trazidos para o palco de forma direta e com muita harmonia através da música Reggae com influências principalmente de ritmos regionais como o Coco de Roda, Baião e xote, temperados com nuances de Jazz, Soul, Rock, Pop, Rap e Ragga, com pitadas de Afoxé, Ijexá e toda ancestralidade da Bahia.

O show “RESISTÊNCIA” surge na periferia de Natal, como diz a letra de Marina Peralta: “A quebrada produz e é de qualidade” aonde através da música reggae, artistas também expressam sua militância social contra todas as formas de opressão e segregação.

SERVIÇO

51ª Feira da Diversidade

Onde: Porão das Artes (Rua da Aurora)
Data e hora: Neste domingo a partir das 12h até 20h
Acesso: 1kg de alimento ou R$ 3 para doação ao Mãe Luíza Espaço Solidário

Contato:: 9 9922-8188 (Nelson Rebouças)

Sobre o autor

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *