POETA DO DIA: Carlos Gurgel

Redação2 de maio de 2019Poesia, Image

MASTRO

na colina periférica da província
urros e guelras
se espalham

do Forte
na barra do dia que vem
uma barcaça berra
feito grito que acorda
o espanto por onde a boca do rio
pulsa

lá longe
onde daqui se tem maresia
a língua seca da cidade explode
cinza cintura senil

esborracho

e como um proscrito
velo a vela que voa
entre o cais e a canoa.

(Carlos Gurgel)

Sobre o autor

Redação

Obrigado pela visita!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *