Márcio Benjamin

Escritor Márcio Benjamin lança o aguardado livro ‘Agouro’

Redação10 de setembro de 2019Agenda, Literatura, , Image

Baseado em fatos reais, Agouro compõe a trilogia de Márcio Benjamin. Depois do livro de contos “Maldito Sertão” e do romance “Fome”, Agouro traz treze contos que revisitam os terrenos férteis da oralidade sertaneja. O lançamento acontece nesta quinta-feira (12) às 19h no Boteco do Xexéu e o título tem edição do Escribas, revelando o imaginário através de causos contados em voz alta à beira da fogueira ou relembrados na solidão dos quartos sombrios.

De acordo com Márcio Benjamim, a palavra “Agouro”, tem muitos sentidos para o resto do país e apenas uma para o Nordeste. “Lançar o Agouro é a sensação da continuidade do trabalho, nessa linha do terror nordestino, que procuro fortalecer e trazer para os jovens a valorização da nossa cultura. Agouro é o contato com a nossa história e as nossas raízes”, revela.

TERROR REAL

Entre os treze contos do livro, “Sino da Igreja” é peculiar. Dedicado à entidade do candomblé “Tranca Rua das Almas”, a história partiu de um sonho que uma pessoa teve e ligou para o escritor, dizendo que a entidade mandava avisar que iria escrever o livro com ele. “Depois de pesquisas, entendi quem era o personagem, pesquisei muito sobre sua história e o conto é um registro da vida da entidade e por isso é dedicado a ele”.

Outros personagens como o Lobisomen que andava à beira mar no conto “Mar de Lua”, até histórias de assombração da Mina Brejuí em Currais Novos, fazem parte das memórias. Histórias como “A Pedra do Reino”, tão bem contada por Ariano Suassuna de maneira lúdica, têm na realidade uma história terrível que fala de seita, obsessão e da religiosidade cega.

“Desde a grande fome que consumiu o Ceará em meados do século XX, parindo terríveis campos de concentração, a esta assombrosa seita da Pedra do Reino, todos estão em Agouro e existem. Mas aqui eles vêm com um toque ainda mais aterrador, pois são baseados em fatos reais abertamente ocorridos ou angustiadamente esquecidos”, conta o escritor.

LANÇAMENTO DECORADO

Agouro tem a orelha assinada por César Bravo, um dos maiores escritores de terror atualmente, fotografias de Eliezer Neto e Patrocínio direto da Natal Dunas através da Lei de Incentivo Djalma Maranhão. O livro conta ainda com o apoio da Barbearia Estilo Ousado Sampa e do Salão Artemus Coiffeurs. Para o lançamento o Boteco do Xexéu será todo decorado com a temática do livro, cardápio e músicas, além da exibição dos teasers especialmente criados com base nos contos de Agouro pela diretora de cinema Márcia Lohss.

Sobre Márcio Benjamin

Márcio Benjamin Costa Ribeiro, um natalense, tem 39 anos, trabalha como advogado, formado pela UFRN, e costuma apresentar-se como um escravo das letras. Desde os treze anos é metido com lápis e papéis, tentando mostrar aos outros um pouco do que se passa em sua cabeça. Participante usual de antologias de terror (Noctâmbulos, Caminhos do Medo, pela Editora Andross), também já fez muita gente rir com suas peças de teatro (Hippie-Drive, Flores de Plástico, Ultraje).

MALDITO SERTÃO foi o seu primeiro livro, de contos. Lançado em 2012 pela Editora Jovens Escribas, foi considerado um dos melhores de 2012 e 2013 pelo Troféu Cultura Potiguar, foi quadrinizado pelo coletivo Quadro 9. Em 2016, lançou seu primeiro romance, FOME, o qual foi finalista do Prêmio da Biblioteca Nacional como Romance Infanto Juvenil.

Em 2016 ainda, foi convidado pela Universidade de Sorbonne, para expor seu trabalho em Paris, onde discutiu sobre o sertão nordestino e a força da oralidade como meio de preservação dos contos e lendas que permeiam as vivências sertanejas, também participou do Salão do Livro na capital francesa. Em 2018 foi convidado pelo SESC-RN e representou o Rio Grande do Norte no projeto Arte da Palavra.

Nos dias atuais o escritor também participa do Projeto Casa das Palavras e Ação Leitura, os quais levam o escritor para diálogos com crianças e adolescentes, aproximando o autor de seus leitores e ao mesmo tempo promovendo a cultura potiguar. Em 2018 dois de seus contos foram transformados em curtas-metragens, dando origem aos filmes “O Diabo Da Garrafa” e “Uma Casa De Muro Branco”.

Em 2019, foi convidado pelo SESC para compor a programação da Mostra Sesc Cariri – Sertão Central, da FLIPELÔ e da Bienal Internacional do livro do Ceará. Em 2020, novamente será parte da Primavera Literária Brasileira, mas dessa vez na cidade de Providence, nos Estados Unidos, levando o terror nordestino pra terra de Poe e Lovecraft. Márcio Benjamin gosta de pensar que poderá escrever pra sempre. Pelo menos é o que prometem as vozes em sua cabeça.

Serviço:

Lançamento “Agouro” do escritor Márcio Benjamin
Local: Boteco do Xexéu (Rua das algas 2282, Ponta Negra – Natal/RN)
Data: 12 de setembro, às 19h


FOTO: Eliezer Neto (editada para formato horizontal)

Sobre o autor

Redação

Obrigado pela visita!

COMMENTS

Márcio

Muito obrigado pelo espaço de sempre! Aguardo vocês lá!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *