3 shows musicais e homenagem a Júnior Dalberto nesta quarta no Bardallos

Começa nesta quarta a temporada de verão do Sarau Insurgências Poéticas. E o palco é mais uma vez o point cultural Bardallos Comida e Arte (Cidade Alta), a partir das 19h e ingresso a R$ 10 para curtir um mix de atrações, como tem sido a série de eventos promovidos pelo Sarau.

O homenageado da vez é o multifacetado Júnior Dalberto, premiado como escritor em concursos nacionais e internacionais com o livro Pipas Voadas Sobre Brancas Dunas, e também no teatro, onde atua como dramaturgo e diretor e já foi agraciado com peças como Boderline.

Após homenagem a Júnior Dalberto, tem a poesia com os insurgentes Marina Rabelo e Thiago Medeiros, serão apresentados shows com Natália Gonçalvez, Rousi Flor de Caeté e o jazz da norte-americana que lotou a última sexta-feira no Bardallos, Haley Peltz.

E ainda um esquete teatral com a também atriz Alice Carvalho, que protagonizou uma das peças dirigidas por Júnior Dalberto, Incubus. E também o número de dança com a bailarina e pesquisadora Rozeane Oliveira e a mostra de artes visuais com as telas de Antonius Manso.

🌻 PROGRAMAÇÃO 🌻

#Poesia Marina Rabelo e Thiago Medeiros

#Teatro Alice Carvalho

#Dança Rozeane Oliveira

#ArtesVisuais Antonius Manso

#Música Rousi Flor de Caeté; Natália Gonçalves; Haley Peltz

SERVIÇO

Insurgências Poéticas – Homenagem a Júnior Dalberto
Onde: Bardallos Comida e Arte (R. Gonçalves Ledo, 678 – Cidade Alta)
Quando: quarta-feira (9 de janeiro)
Hora: 19h
Couvert 10
Contato 986270893


O Bardallos Comida e Arte é um espaço gastronômico e cultural aberto em 2005 pelo decano produtor Lula Belmont, fundador do bloco carnavalesco As Kengas e do saudoso bar Vice-Versa. O Bardallos foi aberto com o propósito de manter a chama boêmia e artística da Cidade Alta acesa. O espaço, localizado na Rua Gonçalves Ledo, 678, abre diariamente para almoço e tem sido palco para a arte potiguar na noite natalense, seja para música, performances, celebrações ou exposições. Contato: 9 9198-0045 (Ricardo Nelson).

About The Author: Sérgio Vilar

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *