Exposição em Natal celebra e homenageia a cultura negra

Consciencia Negra

PIX: 007.486.114-04

Colabore com o jornalismo independente

No mês da Consciência Negra, mergulhamos em um universo de expressão, resistência e sensualidade, onde a exposição “Cores da Alma. Pérolas de Ébano”, do fotógrafo Flávio Aquino, nos convida a explorar a riqueza da cultura negra em toda a sua magnificência. Esta exposição de técnica mista, que incorpora fotografia, pintura e colagem, ocorrerá no Bardallos, nesta quinta (16), a partir das 20h.

Esta exposição não é apenas uma celebração da estética negra, mas também uma homenagem à coragem, sensualidade e resiliência das pessoas negras. Cada obra é uma jornada visual que nos leva a mergulhar nas histórias e experiências que moldaram a identidade afrodescendente.

À medida que percorremos as obras, somos cativados em capturar não apenas a beleza física, mas também a profundidade da alma negra. A fotografia nos apresenta olhares carregados de significado, enquanto a pintura dá vida a essas narrativas, preenchendo-as com cores vibrantes e uma sensação palpável de criatividade. Cada pincelada e clique da câmera é um ato de coragem, um grito de resistência que transcende os limites do tempo e abraça a sensualidade intrínseca à experiência negra.

Em “Cores da Alma. Pérolas de Ébano.”, somos lembrados da importância de reconhecer, honrar e celebrar a contribuição inestimável da comunidade negra para nossa sociedade. À medida que nos envolvemos nesse mundo de beleza e empoderamento, somos convidados a contemplar não apenas a estética, mas também a força e a determinação que continuam a inspirar gerações.

Essa exposição é um lembrete poético de que a Consciência Negra não
é apenas um mês, mas uma jornada eterna de descoberta, apreciação e celebração da
herança afrodescendente, em toda a sua diversidade.

Redação

Redação

Obrigado pela visita!

WhatsApp
Telegram
Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *