ponta d´lança potiguar

EP da banda Ponta d’Lança Potiguar vem cheio de manguebeat e crítica social

Sérgio Vilar30 de setembro de 2019Música, Image

Já não era sem tempo um trabalho devidamente gravado e mixado em estúdio do grupo Ponta d’Lança Potiguar, na estrada há cinco anos. E a estreia veio em EP com três canções consistentes, intitulado ‘Margem’.

Na imagem de capa a ponte velha de ferro que interliga as zonas Sul e Norte. Uma fronteira imaginária, simbólica entre classes sociais distintas. Khrystal já abordou essa questão na composição ‘Zona Norte Zona Sul’, em parceria com Ricardo Baya.

E essa é a tônica das três canções: ‘Margem’, ‘Qualquer Coisa’ e ‘A Guerra’. O cotidiano periférico de uma Natal escondida para muitos. Mas há também unidade na sonoridade, com influências claras de mangue beat e groove.

Este é o primeiro projeto a sair pela Incubadora SOPRO. Uma aposta certeira em uma banda de som e letras amadurecidas. ‘Margem’ contaainda com mixagem de Yago Marques e masterização do mestre Ticiano D’Amore.

O sexteto Ponta d’Lança Potiguar é formada por Max Oliveira (vocal), Jonathan Mysack (guitarra), Josias Silveira (baixo), Ademar Albuquerque (percussão e backing vocal), Juliana Gomes (percussão e vocal) e Ziel Valentim (bateria).

Clique AQUI para ouvir o EP completo.

 

Sobre o autor

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *