Tem ensaio aberto do FullChico neste domingo

PIX: 007.486.114-04

Colabore com o jornalismo independente

Bloco carnavalesco em homenagem a Chico Buarque inicia ensaios com artistas convidados no pátio da Funcarte

Os clássicos buarquianos em ritmo de carnaval. Essa é a proposta do novo bloco carnavalesco de Natal, o FullChico. Os ensaios semanais iniciados em junho têm afinado o batuque para o período momesco de 2024. E a partir deste domingo, artistas potiguares emprestarão suas vozes para compor a festa. O cantor Eugênio Bezerra é quem abre os trabalhos a partir das 16h, no pátio da Fundação Capitania das Artes. Todos os domingos o bloco receberá um artista diferente. Os ensaios são abertos ao público.

O FullChico desfilará na sexta-feira de carnaval pelas ruas do Pólo Petrópolis. Dezenas de mulheres são as responsáveis pela percussão do bloco, orquestradas pelo mestre Jorge Negão. No dia do desfile se juntam a elas a orquestra formada pelo Ong Ilha de Música, comandada pelo maestro Gilberto Cabral, numa fusão de metais e percussão para alegrar o folião e o fã da boa música. E para engrossar o caldo, esses artistas que participarão dos ensaios a partir deste domingo se juntam ao bloco durante a concentração.

“Teremos um bloco animado com percussões, metais e agora com a participação de artistas conhecidos da cena para abrilhantar a concentração do FullChico”, ressalta a produtora Ilana Félix, que começou a brincadeira a partir de uma série de fatores, tendo como primeiro “estalo” a tentativa de golpe ocorrido no último 8 de janeiro. “Chico talvez tenha sido o artista musical que mais cutucou o regime ditatorial. Também o carnaval pulsante que encontrei em Natal após anos fora do Estado e ainda a inspiração em blocos carnavalescos buarquianos, a exemplo do Mulheres de Chico, no Rio de Janeiro, e o Soul Chico, em São Paulo.

O nome FullChico surgiu quando Ilana soube da ideia da cantora Marina Lima em mudar o título da canção Fugaz, composta pelo seu irmão, o poeta Antônio Cícero, para Fullgás, ou seja, cheio de gás, de energia, de entusiasmo. “Logo me veio o nome FullChico, que também traz essa dualidade com o nome Fuxico. E o bloco também vem cheio de energia, de mulheres amantes de Chico, do batuque e do carnaval”, conclui Ilana.

Redação

Redação

Obrigado pela visita!

WhatsApp
Telegram
Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *