racine santos

Dois nomes se lançam à disputa de vaga na Academia de Letras do RN

A Academia Norte-Rio-Grandense de Letras (ALRN) declarou vaga a Cadeira 16 da instituição. Dessa forma estão abertas inscrições pelo prazo de 60 dias, a partir da publicação, no último dia 11, aos candidatos que se sentirem habilitados a ocupar o posto, puderem realizar sua inscrição. Para tal, basta apresentar currículo atualizado e exemplares de suas obras publicados em formato de livro individual.

A Cadeira 16 da ANLR tem como patrono o médico Segundo Wanderley. O fundador da cadeira foi o poeta Francisco Palma. E os ocupantes, até o momento, foram o professor Rômulo Wanderley, a poeta assuense Maria Eugênia Montenegro e, por último, o advogado Eider Furtado.

Por enquanto, dois nomes prometem a disputa: o advogado Armando Holanda, e o dramaturgo e poeta Racine Santos. Racine, macaibense, tem longa trajetória de militância no teatro e na literatura. Ano passado lançou novo romance “…De susto, de bala ou vício”. Armando Holanda é mineiro, ex-presidente da OAB/RN e tem dois livros publicados de sua autoria na área do direito.

Como se sabe, a Academia é formada por 40 nomes. Neste post AQUI, eu sugeri outros 40 nomes, afora os já nomeados imortais. E nesta lista já consta o nome de Racine. Sem dúvida, um intelectual que abrilhantará a instituição. E um homem do teatro, como pouco se vê por ali.

Sobre o autor

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

COMMENTS

Beto Vieira

Racine Santos um dramaturgo multifacetado merece sem sombra de dúvidas esta honraria, Bravo Bravíssimo!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *