ABSURDO: 18 municípios devolvem R$ 1,1 mi da Aldir Blanc ao Estado

A gestão dos recursos da Lei Aldir Blanc em municípios e Estados tem escancarado a total falta de estrutura, vontade e compromisso com a cultura Brasil afora.

No Rio Grande do Norte não é diferente. Nada menos que 18 municípios já devolveram ao Estado a totalidade dos recursos que deveriam socorrer artistas durante o período pandêmico.

A soma de R$ 1.114.773,95 milhão renderia não só dividendos à classe artística, mas projetos e cultura oferecidos à população desses municípios, notadamente pobres como é pobre o Rio Grande do Norte.

Há notícia que outros montantes virão de outros municípios. Há também denúncias de municípios que, além de não empregarem o recurso, não devolveram. Um leque de absurdos inimagináveis.

A Fundação José Augusto, órgão responsável por gerir esses recursos devolvidos, já publicou no Diário Oficial desta quarta a possibilidade de remanejamento do dinheiro para cadastros de reserva dos editais de fomento.

Publicou ainda que os recursos remanescentes dos editais de fomento, após deliberação das comissões técnicas de seleção, deverão ser utilizados para pagamento dos proponentes classificados e relacionados no cadastro de reserva dos respectivos instrumentos editalícios.

E também que os recursos remanescentes do auxílio emergencial deverão ser remanejados para o pagamento dos proponentes classificados e relacionados no cadastro de reserva dos editais de premiação e aquisição.

E pensar que um projeto como o Seridó Cine, um festival de cinema em pleno sertão potiguar bancado pela Lei Aldir Blanc, que postamos hoje a abertura de inscrições, poderia acontecer em tantos outros municípios, entre infinitas outras possibilidades…

Segue abaixo a relação das prefeituras que renegaram a cultura do seu município e devolveram os recursos para a Fundação se virar nos 30:


FOTO: Leo Martins / Agência O Globo

Sobre o autor

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

COMMENTS

ALEXANDRE SANTOS

Absurdo! também fui informado que tem município que depositou o auxílio emergencial e está proibindo os artistas de utilizarem os recursos até que eles autorizem. (em Caraúbas-RN).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *