Webserie potiguar com temática LGBT será vista em 100 países

A webserie LGBTQ que estreou em setembro de 2016 foi produzida através de financiamento coletivo online, e vem traçando uma jornada vitoriosa em festivais ao redor do mundo. SEPTO já passou pela Argentina, Coreia, Rio de Janeiro, Alemanha e, agora, Estados Unidos. Ao todo são mais de 20 indicações, 7 prêmios conquistados e um público de mais de 2 milhões de pessoas em todas as plataformas.

A equipe de SEPTO negociava com o primeiro streaming queer do mundo, a REVERY, desde dezembro de 2017 e agora acaba de fechar um contrato de 2 anos – com possibilidades de renovação – para estrear em junho, contando com uma audiência de mais de 70 milhões de assinantes em 100 países do mundo inteiro.

A primeira Webserie potiguar foi até Hollywood na expectativa de voltar com, no máximo, um prêmio. Agora volta com um contrato que vai garantir o aumento significativo do alcance de sua história. Da militância por respeito, igualdade e amor livre de rótulos que vai chegar a um número cada vez maior de pessoas. Isso sim é um prêmio que não cabe na prateleira.

Os realizadores do projeto esperam que todo esse reconhecimento possa resultar na atenção dos políticos e empresários em viabilizar a segunda temporada da webserie. Septo não tem apenas cruzado fronteiras geográficas, mas sociais, econômicas e políticas. E isso merece atenção.

About The Author: Redação

Redação

Obrigado pela visita!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *