Confira o novo videoclipe Estrondo, da banda potiguar Plutão Já Foi Planeta

PIX: 007.486.114-01

Colabore com o jornalismo independente

Após ser apresentada ao vivo no Lollapalooza Brasil, a nova música da Plutão Já Foi Planeta, intitulada Estrondo (slap), ganha um videoclipe registrado no Largo do Boticário (Rio de Janeiro). Na peça audiovisual, lançada no canal oficial da banda potiguar (assista aqui), o encontro das águas do rio com as águas do mar ganha contornos metafóricos de uma celebração.

“Existe uma mensagem sensual no clipe, mas não queria que ficasse tão explícito”, revela o diretor Philippe Noguchi, também responsável pelo roteiro. “Daí, surgiu a ideia de criar uma cerimônia surreal que promove uma reunião”, completa.

No vídeo, os integrantes do grupo – formado por Natália Noronha (voz, violão, baixo, synth), Sapulha Campos (voz, guitarra, ukulele), Gustavo Arruda (voz, guitarra, baixo), Vitória de Santi (baixo, synth) e Renato Léllis (bateria) – aparecem encharcados dentro de uma piscina vazia. É como se liderassem o ritual sugerido por Noguchi.

Em cena, duas participantes do ato litúrgico se destacam dos demais. Interpretadas pelas atrizes Juliete Schultz e Olívia Torres (esta última estava no elenco da novela global “Tempo de Amar”), as garotas se envolvem com troca de olhares profundos e iniciam uma dança quase que instintiva.

“É como se a canção crescesse acompanhada do contexto do ritual da cerimônia”, diz Natália Noronha, autora da faixa. “A música fala de um encontro de energias e a água é o canal para isso, como na pororoca, evento da natureza do qual a letra de “Estrondo” se refere. Quando a água invade a piscina, é sinal que todos estão convertidos para aquela energia, que desemboca em uma catarse coletiva”, observa.

A Última Palavra Feche a Porta

“Estrondo” é a primeira faixa lançada pela Plutão Já Foi Planeta após o álbum A Última Palavra Feche a Porta (slap, 2016). Com linhas de vozes melódicas e harmonias cheias, o quinteto mantém a pegada pop do trabalho antecessor. Mas apresenta também algumas referências da música latina, além de elementos de percussão que dão movimento à canção. Também foram adicionados sintetizadores oitentistas ao trabalho.

Redação

Redação

Obrigado pela visita!

WhatsApp
Telegram
Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidos do mês