trofeu cultura 2018 - glorinha oliveira

Troféu Cultura anuncia vencedores em noite de homenagens emocionantes

Sérgio Vilar3 de abril de 2019Agenda, , Image

A cerimônia de entrega da 15ª edição do Troféu Cultura foi marcante. Glorinha Oliveira de volta ao palco, homenagem póstuma a Zezo, improvisações do artista plástico Marcelus Bob, a alegria das quadrilhas juninas, o hip hop de Miguel Carcará e, claro, a entrega dos troféus aos 14 vencedores do ano, encantaram o público na noite desta terça-feira.

Uma roda de samba conduzida pelo compositor e instrumentista Marcos Souto recepcionou a todos a partir das 19h30. A festa foi conduzida pelo cantor e ator Isaque Galvão, que assistiu discursos de protestos durante a entrega de troféus diante do momento atual do país e, na contramão, a alegria na apresentação de três quadrilhas juninas.

Glorinha Oliveira, no alto dos seus 93 anos foi a grande homenageada da noite. Ao microfone, reclamou da artrose que impossibilita sua locomoção, mas com ajuda das amigas e também musas do rádio, Eliete Regina e Silvana, além da cantora Valéria Oliveira, emprestou sua voz de rouxinol ainda tinindo para um público que a aplaudiu de pé.

O transformista, coreógrafo, figurinista, bailarino e ator Zezo, assassinado brutalmente no último mês de outubro, recebeu a homenagem póstuma em vídeo e em número musical sob a voz de Isaque Galvão, vestidos com as roupas que o artista usava em seus shows. Sua irmã, Rai, recebeu o troféu e leu um poema em sua homenagem, arrancando lágrimas do público.

Na entrega dos troféus, a improvisação performática do artista plástico Marcelus Bob, provocou risadas e também reflexões sobre o ser artista. Um show à parte, como se ouvia na plateia. E “casou” perfeitamente com o conceito da festa, de incentivo à cultura popular e da importância do ser artista.

Entre os vencedores do ano, artistas consagrados e da nova geração das várias áreas artísticas, culminando com o anúncio do Artista do Ano, pelo diretor geral da Fundação José Augusto, Crispiniano Neto, representando o Governo do Estado. Todos os vencedores receberam premiações de pacotes turísticos em forma de diárias em resorts ou viagens.

Patrocínio

O Troféu Cultura 2018 tem patrocínio da Cosern e da Comjol, ambos por meio da Lei Câmara Cascudo, do Governo do Estado; e da Unimed, pelo Programa Djalma Maranhão, da Prefeitura de Natal, além do apoio da Faculdade Uninassau e do Caxangá Restaurante.

TROFÉU CULTURA 2018 – VENCEDORES

DESTAQUE NO AUDIOVISUAL

– Márcia Lohss (Enquanto o sol se põe)

MELHOR ARTISTA VISUAL

– Carlos Sérgio Borges

MELHOR ESPETÁCULO DE DANÇA/PERFORMANCE

– Anticorpos (Domínio Cia de Dança)

DESTAQUE NA FOTOGRAFIA

– Luana Tayze

DESTAQUE NA LITERATURA

– “Retratos Fora da Parede”, de Osair Vasconcelos

PRODUÇÃO CULTURAL

– Ana Morena (Festival Dosol / Pôr do Som / Circuito Cultural Ribeira)

MELHOR ATOR

– Igor Fortunato (Meu Seridó)

MELHOR ATRIZ

– Titina Medeiros (Meu Seridó / Onde Nascem os Fortes)

MELHOR ESPETÁCULO DE TEATRO

– Meu Seridó (Casa de Zoé)

MELHOR BANDA

– Luísa e os Alquimistas

MELHOR CANTOR

– Caio Padilha

MELHOR CANTORA

– Valéria Oliveira

MELHOR SHOW

– Cores do Nosso Samba (Valéria Oliveira, no Teatro Riachuelo)

ARTISTA DO ANO

– Khrystal


FOTO: Franklin Levy

Sobre o autor

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *