Seis espetáculos marcam reabertura do Teatro Lauro Monte

“A entrega dessa obra significa que toda luta da classe cultural foi válida. Aqui é um templo que acolheu e formou muitos artistas. Ver essa estrutura moderna do Teatro Lauro Monte nos faz acreditar que todo sonho pode virar realidade”, diz Joriana Pontes, artista e produtora cultural.

O depoimento de Joriana Pontes reforça o sentimento de dever cumprido do diretor geral da Fundação José Augusto, jornalista Amaury Júnior ao anunciar que o teatro, fechado há quase 10 anos, finalmente será reaberto e entregue a classe artística e à população mossoroense com uma programação que terá início no dia 18 de dezembro, às 20h, com o Concerto Oficial da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte.

A OSRN vai se apresentar para convidados sob a regência do Maestro Linus Lerner, em noite memorável com a presença da atriz Tony Silva formando dupla com Plínio Sá, estreando no novo palco, como mestres de cerimônia. Também estão confirmadas as participações do cantor multifacetado Isaque Galvão e do poeta Antônio Francisco.

A obra do teatro Lauro Monte Filho, em Mossoró, recebeu um investimento de cerca de R$ 5 milhões do Governo do RN, com recursos do Acordo de Empréstimo com o Banco Mundial. “Estamos entregando um novo teatro, totalmente moderno, reestruturado, climatizado, com acessibilidade e uma nova estrutura tecnocênica”, destacou Amauy Júnior.

Teatro Lauro Monte

A capacidade do Teatro Lauro Monte é de 483 pessoas. A reforma contemplou um moderno sistema de som com entrada digital, 40 microfones e 8 retornos, climatização, tela de projeção de cinema, 8 varas de iluminação secundária e uma principal, clicograma, acessibilidade, elevadores e uma subestação de energia de 380KVA.

Memória

Principal palco do Oeste Potiguar, o Teatro Lauro Monte Filho contribuiu significativamente para a efervescência cultural de Mossoró, despertando na classe artística o desejo de concorrer ao título de capital da cultura.

O teatro funciona no prédio do antigo Cine Cid, um dos poucos que resistiu a era moderna que apagou da memória do público e encerrou a tradição dos cines teatros da cidade. Administrado pela Fundação José Augusto é o único equipamento de cultura que continua vinculado às raízes artístico-culturais de Mossoró.

Nesse intervalo de tempo, foi templo da Igreja Universal do Reino de Deus, alugado em seguida pela Prefeitura de Mossoró para abrigar um teatro municipal. Após reformas, o antigo prédio passou a teatro estadual em 13 de dezembro de 1999, quando o Governo do Estado comprou o imóvel.

Serviço

Programação Inauguração Teatro Lauro Monte Filho

18/12 – Terça-feira – 20h
Concerto Oficial da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte
Maestro: Linus Lerner
Mestres de cerimônia: Tony Silva e Plínio Sá
Participação especial: Isaque Galvão e Poeta Antônio Francisco
Abertura: Movimento Arte e Violão
(Evento para convidados)

19/12 – Quarta-feira – 20h
Concerto 30 Anos do Coral Canto do Povo
Regente: Eli Cavalcante
(Aberto ao público)

20/12 – Quinta-feira – 20h
Gonzagando – Companhia de Dança do Teatro Alberto Maranhão
Direção artística: Wanie Rose
(Aberto ao público)

21/12 – Sexta-feira – 20h
Casatória c’a Defunta (Cia Teatral Pão Doce)
(Aberto ao público)

22/12 – Sábado – 20h
Casa do Louvor (Cia Bagana de Teatro)
(Aberto ao público)

23/12 – Domingo – 16h
A Coisa do Humano (Cia Bagana de Teatro)
(Aberto ao público)


FOTO: João Vidal

About The Author: Redação

Redação

Obrigado pela visita!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *