Tem Som da Mata especial dedicado às crianças neste domingo

O dia das crianças terá uma comemoração muito especial no Parque das Dunas, no próximo dia 12 de outubro. As crianças e adolescentes do projeto social Ilha de Música serão responsáveis pela apresentação musical do Sonzinho da Mata, versão do projeto Som da Mata, no anfiteatro Pau-Brasil.

O show, que é totalmente instrumental, tem vasto repertório e inclui clássicos da MPB, músicas autorais do grupo, além de conhecidas canções do universo infantil. O espetáculo será comandado por 15 crianças e adolescentes, com instrumentos de sopro, percussão e cordas. Como novidade, para essa apresentação, a Ilha ainda preparou um momento que promete emocionar: uma canção tocada no piano a quatro mãos. A regência do show fica por conta do músico Erinaldo Edson, que também é ex-aluno do projeto.

Além de apreciar boa música, quem for ao parque no próximo dia 12 terá a oportunidade de conhecer o projeto realizado pela Ilha de Música, que desenvolve um trabalho sociocultural desde 2006 na comunidade da África, no bairro da Redinha, zona norte de Natal. A apresentação começa às 16h30, com entrada custando apenas 1 real, que é o valor cobrado pelo parque.

Sobre a Ilha da Música

A Ilha de Música é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, instituída como projeto social de musicalização infanto-juvenil. Idealizado por Gilberto Cabral e Inês Latorraca, o projeto é realizado na comunidade da África, zona norte de Natal, desde outubro de 2006.

Cerca de mil crianças e adolescentes já passaram pela Ilha e alguns deles, hoje, são instrutores no projeto. A cada nova turma são assistidas 50 crianças e adolescentes da comunidade, com aulas de flauta-doce, clarinete, sax, trompete, trombone, bateria, contrabaixo elétrico, violão, guitarra e piano. Eles também têm à disposição assistência de um psicólogo e café da manhã diariamente. Todas as aulas são gratuitas e é exigido apenas que a criança frequente a escola no turno alternativo à Ilha.

Dentro do projeto formou-se um grupo com 15 integrantes, que realiza apresentações públicas. Este grupo gravou seu primeiro cd/dvd ao vivo, que foi lançado em maio de 2012.

Atualmente três professores e três monitores se revezam na condução das aulas práticas e teóricas. O projeto conta ainda com o incentivo da Cosern que, através da Lei 7.799, de 30 de setembro de 1999, Lei Câmara Cascudo, patrocina a ação “Oficinas na Ilha”.

A Ilha foi reconhecida, em 2009, através da Lei Estadual 9.253, como entidade de utilidade pública; Em 2011, recebeu Prêmio Hangar-Ação Social; Em 2012 a Ilha foi contemplada com o diploma “Mérito pela Valorização da Vida”, emitido pelo Ministério da Cultura.

About The Author: Redação

Redação

Obrigado pela visita!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *