narrativas do silencio

Projeto voltado aos surdos, Narrativas do Silêncio tem participação recorde

Redação16 de maio de 2019Agenda Image

Com uma oficina sobre técnicas de fotografia em andamento e outra agendada para a próxima semana sobre teatro, a quarta temporada do Projeto Narrativas do Silêncio vem registrando participação recorde. Ao todo, a iniciativa patrocinada pela Cosern e pelo Governo do Estado do RN que visa proporcionar acessibilidade cultural a pessoas surdas alcançou mais de 50 inscritos.

Na opinião da coordenadora do projeto, Fábia Fernandes, o crescimento da participação em comparação com edições anteriores se deve a dois fatores. “Primeiro – enumera, ao oferecimento de novas alternativas capazes de despertar o interesse do público-alvo, o que reflete a existência de uma demanda reprimida”. Segundo Fábia, “a realização da oficina de teatro era um sonho antigo do projeto, mas só agora pode ser viabilizado”.

O segundo fator responsável pela ampliação do número de inscritos no projeto, segundo Fábia Fernandes, foi a ampliação das parcerias com instituições que prestam serviços aos surdos. De acordo com a coordenadora, são parceiros nesta edição a Associação de Surdos de Natal – ASNAT; a Associação de Surdos Parnamirim – ASP; o Centro Estadual de Capacitação de Educadores e de Atendimento à Pessoa com Surdez – CAS/Natal Rotary; e o Centro SUVAG.

Fotografia e teatro

Inteiramente ministrada em Libras – Língua Brasileira de Sinais, a oficina de fotografia está sendo realizada nas dependências do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFRN, campus Cidade Alta. As aulas prosseguem até a próxima sexta-feira, 17, das 18h30 às 20h30, sendo que as atividades práticas produzirão imagens para uma exposição fotográfica aberta ao público.

Já, a oficina de teatro acontece nos dias 23 e 24 de maio, também no IFRN-Cidade Alta. Os instrutores integram a Companhia Fluctissonante de Curitiba. O grupo teatral paranaense é dedicado exclusivamente à pesquisa, produção e criação de espetáculos teatrais simultaneamente encenados em Libras e em Língua Portuguesa, acessíveis para surdos e ouvintes de maneira integrada.

A programação completa desta quarta edição do Projeto Narrativas do Silêncio contempla, ainda, uma apresentação da peça “Enquanto a Chuva Cai”, encenada pela Companhia Fluctissonante. Aberto ao público, o espetáculo será realizado no dia 24 de maio (sexta-feira), às 19h30, no auditório do campus central do IFRN.

O Projeto

Lançado em 2015, “Narrativas do Silêncio” é um projeto que visa ampliar a acessibilidade cultural de pessoas surdas na Região Metropolitana de Natal. Para “Narrativas do Silêncio”, propiciar acessibilidade cultural implica reconhecer o direito das pessoas com deficiência de participar da vida cultural em base de igualdade com as demais. Tanto no que diz respeito à fruição de bens e serviços, quanto ao acesso a materiais e atividades que favoreçam o fazer artístico-cultural.

Sobre o autor

Redação

Obrigado pela visita!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *