A memória e o protagonismo do circo do RN ganharão destaque em duas edições do projeto Varieté VRTL. Ambas serão transmitidas pela internet nesta sexta e sábado, às 20h.

Os espetáculos contarão com a participação de 20 artistas circenses convidados que irão apresentar um apanhado histórico e representativo do fazer circense na capital potiguar. A transmissão será feita pelo canal no Youtube: @EPMcirco.

Cada edição terá um tema e duas apresentações: “Memória Potiguar”, que vai retratar o trabalho dos artistas de rua e de lona, e “Um Outro Protagonismo!”, que vai destacar a arte das mulheres e da comunidade LGBT no universo circense.

Serão vários números em 12 modalidades como: acrobacias aéreas, malabarismos, mágica, equilibrismo, palhaçaria, performance, percha, lira, poesia, diabolo, tecido acrobático, entre outros.

Memória Potiguar do Circo do RN

Na noite dedicada à “Memória Potiguar”, na sexta, a artista de rua Aranha trará um freestyle com o malabar swing poi; o malabarista venezuelano Xavier Ruiz fará performance com aros, bastão e diabolô; o Palhaço Fino, o grupo Os Ladrões de Sorrisos e o Palhaço Piruá, revelarão a comicidade nessa edição, que conta também com a poesia regional do artista Vitor Bitola.

Os artistas de lona não ficarão de fora e estarão representados pelos artistas Yuri Cinderley, o Palhaço Pitoquinha, o monociclista Junior Moura, o mágico Rian Razzani que apresentará mesclagem de manipulação, levitação e grande ilusão; além das duplas de irmãos do Empyre Circus, Nalanda e Nalbert Ramos; no malabarismo, Evaldo; e Evely Lisboa, no tecido aéreo.

Um Outro Protagonismo

Já no sábado, a temática “Um Outro Protagonismo!” trará as apresentações de artistas LGBTQI+ através da performer Íguia com elementos ritualísticos e futuristas e um questionamento de gênero enquanto pessoa não-binária; do acrobata Weller Alves trazendo a leveza e a precisão dos seus movimentos aéreos em seu número na lira; da perfomance da artista visual Marxine que utiliza o corpo como objeto viável de ruptura da norma social de sexo/gênero; da artista Geisla Blanco que vai explorar as flags com foco na performatividade do corpo transgênero em cena; do mágico de palco e escapista potiguar Horus, do ilusionista e do aerialista Guilherme Melo que trará a apresentação com tecido acrobático voltada para a temática das violências que podem ocorrer dentro de uma relação.

A presença das mulheres na cena também será ressaltada na edição “Um Outro Protagonismo!”, com participação da malabarista Nalanda Ramos, que nasceu no circo e pratica os malabares desde os três anos; da acrobata Almog Griner que em seu número de dança aérea em tecido contará uma história cheia de elementos de humor e drama; de Leticia Razzani que, içada apenas pelos cabelos, vai apresentar uma mistura de dança, contorcionismo e pirofagia nas alturas, e da bailarina contemporânea Margoth Lima que com o número de single percha vai transmitir leveza, dança e harmonia, buscando movimentos num fluxo contínuo.

Tudo isso com a apresentação da artista e pole dance Andressa Oliveira.

Varietés

“As Varietés são espetáculos de variedades artísticas e nesta edição tem o circo do RN como protagonistas. Com a realização da Varieté VRTL pretendemos fazer um registro dos artistas circenses itinerantes e independentes que têm vínculo com a cidade de Natal e sua história””, explicam Marcio Sá, artista e produtor do projeto e Renata Marques, coprodutora..

A ideia é oferecer uma oportunidade de trabalho para a classe artística do circo que está enfrentando muitas dificuldades com a pandemia

A Varieté VRTL é uma realização do Encontro Potiguar de Malabarismo e Circo – EPMCIRCO e coprodução da Remar Produções e Cia Bordo.

Um projeto realizado com recursos da Lei Aldir Blanc Rio Grande do Norte, Prefeitura de Natal, Fundação José Augusto, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

EPMCirco

Em Natal, o Encontro Potiguar de Malabarismo e Circo – EPMCirco é um dos realizadores desse formato de espetáculo, com a finalidade de contribuir com a fruição de trabalhos dos profissionais circenses e preservar a memória do fazer artístico circense nas vias públicas da cidade.

Em 2019, foram realizadas quatro edições em praças públicas nos bairros de Pirangi e Ponta Negra.

Ficha Técnica

Realização: Encontro Potiguar de Malabarismo e Circo
Coprodução: Renata Marques e Marcio Sá
Assistente de Produção: Carol Carvalho
Designer: Gabi Mati
Fotografia: Diogo Mãozinha
Assessoria de Imprensa: Contexto Comunicação
Captação de Vídeo: Babi Baracho e Vitória Real
Edição de Vídeo: Vitória Real
Imagens Adicionais: Diogo Mãozinha

Serviço: 

Varieté Virtual
23 e 24 de abril – 20h
Transmissão: Youtube EPMcirco
Instagram: @epmcirco e @varietevrtl

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *