Inauguração do primeiro Dragon Boat do RN será neste sábado

PIX: 007.486.114-04

Colabore com o jornalismo independente

O estimado leitor pode estranhar um post de cunho mais esportivo nesta página cultural, mas o remo tem um lastro histórico peculiar no Rio Grande do Norte. Não só pela tradição do esporte em tempos idos com as disputas entre o Sport Club de Natal e o Centro Náutico Potengi, sobretudo entre as décadas de 1920 e 1940. Há um livro intitulado “Heróis do Remo: história do raid Natal – Rio de Janeiro” (Editora Clima, 1987) no qual o professor de educação física e poeta João Alfredo relata um feito histórico, quando cinco remadores se embrenharam nessa aventura sem precedentes na história náutica brasileira, em 30 de março de 1952, fazendo essa travessia Natal-Rio de Janeiro em uma iole chamada Rio Grande do Norte.

Justificativa dada, vem a notícia recente de que o centenário Centro Náutico Ptengy (fundado em 1915), localizado na Rua Chile, no bairro da Ribeira, está em festa com a chegada do Dragon Boat na sua sede. O barco atende ao Projeto Remo do Peito, cujas participantes são, prioritariamente, mulheres sobreviventes do câncer de mama. A aquisição foi feita através de emenda parlamentar da deputada Federal Natália Bonavides.

O Dragon Boat é uma modalidade de remo milenar, que tem suas origens na China. A embarcação faz referência ao dragão, figura tradicional na cultura chinesa e cultuada em ocasiões especiais no país oriental. O barco, inclusive, tem o formato da cabeça e da cauda do dragão. É reconhecido, desde 1996, como um dos esportes mais benéficos para as mulheres em processo de reabilitação do câncer de mama, graças ao médico canadense Donald C. McKenzie, que comprovou cientificamente como o dragon boat traz benefícios às pacientes, pois seus movimentos ritmados atuam como uma espécie de drenagem linfática natural e previne o linfedema. Ajuda, também, na redução do estresse, alivia as dores e aumenta a resistência física.

A chegada do dragon boat é um marco no Estado do Rio Grande do Norte e contará com uma cerimônia de inauguração da embarcação, chamada de ‘o despertar do dragão’; cujo ritual será realizado pelas mulheres do projeto Remo do Peito. A data está marcada para sábado, dia 01 de junho de 2024, a partir das 8h, no Complexo Cultural RAMPA. A cerimônia será aberta ao público e contará com a presença de autoridades do poder público e do esporte potiguar, entre outros convidados.

O projeto Remo do Peito tem o patrocínio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, através do Programa de Incentivo RN Mais Esporte e Lazer – Professor Sebastião Cunha e Favorito Supermercados. Conta com  o apoio da Rede Mais Supermercados e a parceria da Pró-Reitoria de Extensão da UFRN, por meio do projeto Motyrum Urbano.

SERVIÇO

EVENTO: O Despertar do Dragão – Inauguração do Dragon Boat – Projeto Remo do Peito
DATA: Sábado, 01/06/2024
HORA: 8h (concentração) – 9h (início da cerimônia)
LOCAL: Complexo Cultural RAMPA
ENDEREÇO: Rua Cel. Flamínio, 1 – Santos Reis, Natal – RN
LOCALIZAÇÃO: https://g.co/kgs/1JsUPQj
ORGANIZAÇÃO: Centro Náutico Potengy
CONTATO: (84) 98705-9354 – Rosiane Cavalcanti, (84) 98809-7414 – Carla Alves.

Redação

Redação

Obrigado pela visita!

WhatsApp
Telegram
Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *