Festival Sinfônico realiza ações de formação para 120 jovens em 5 cidades do RN

PIX: 007.486.114-04

Colabore com o jornalismo independente

Esperança e novas perspectivas musicais sopram pelo interior do Rio Grande do Norte e ganham força com a chegada do projeto “Festival Sinfônico”. A iniciativa da Mapa Realizações Culturais tem como objetivo impactar diretamente a vida de 120 jovens das cidades de Caicó, Jucurutu, Luís Gomes, Pau dos Ferros e Portalegre, ao oferecer uma formação musical de alta qualidade e oportunidades para o desenvolvimento artístico e profissional. O lançamento desta ação acontece com um café da manhã para convidados e imprensa na próxima quinta-feira (13) no Papódromo, no Centro Administrativo em Natal.

Em cada uma das cidades acontecerá uma programação de uma semana, com concertos, recitais, aulas coletivas e individuais e masterclasses. Em Pau dos Ferros, Luís Gomes e Jucurutu será uma semana imersiva em aprendizado, e Caicó e Portalegre se juntam as sedes do festival nas diversas apresentações de música de concerto. Além disso, ao final do projeto, serão concedidas seis bolsas de estudo para os participantes de maior destaque, permitindo-lhes participar de dois dos mais prestigiados festivais de música do Brasil: o Festival de Campos do Jordão em São Paulo e o Festival Internacional de Música de Novo Hamburgo-RS (FeMusiK) nas edições de 2025.

O projeto integra o time de projetos contemplados pelo Edital Transformando Energia em cultura com patrocínio da Neoenergia Cosern, Instituto Neoenergia, Fundação José Augusto, Secretaria Extraordinária de Cultura e Governo do RN através da Lei Câmara Cascudo. Um edital que tem feito a diferença na formação artística da juventude potiguar por meio de projetos em diversas linguagens.

Em reconhecimento à importância dos festivais sinfônicos na formação de musicistas, a proposta deste Festival inclui um curso de regência para os maestros participantes, ministrado pelo renomado Linus Lerner. Para os jovens instrumentistas, serão oferecidas 200 horas de aulas de formação técnica e profissional, com o objetivo de elevar seus níveis de habilidade de iniciantes para intermediários, preparando-os para o mercado de trabalho na música de concerto.

“Nesse projeto, a Mapa Realizações Culturais se une a outros esforços de educação musical, como o programa SINOS, no caminho para criar e apoiar Orquestras Sociais e promover o surgimento de Orquestras Jovens. O interior do estado é uma excelente janela de oportunidade para projetos de educação musical pela diversidade de talentos e realizar o Festival Sinfônico é uma forma de democratizar o acesso à cultura e oferecer aos jovens uma formação cidadã de qualidade”, afirma Tatiane Fernandes, produtora cultural.

Conheça mais sobre o projeto através das redes sociais: @festivalsinfonico.rn e @maparealizaculturais

Redação

Redação

Obrigado pela visita!

WhatsApp
Telegram
Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *