Escritor Marcelo Alves lança box da série “Literaturas” e “Filosofias”

marcelo alves

PIX: 007.486.114-04

Colabore com o jornalismo independente

Depois de rodar o mundo para falar sobre livrarias e bibliotecas, o escritor e acadêmico da ANRL, Marcelo Alves Dias de Souza, volta para os livros que leu. O autor reúne em quatro livros, divididos em duas coleções, seu pensamento e crítica na área de literatura e filosofia.

O primeiro conjunto reúne as obras “Literaturas” e “Entre Livros” e será lançado nesta quinta (7), às 18h, na Academia Norte-rio-grandense de Letras.

Toda a renda será doada para instituições beneficentes. O segundo pacote “Filosofia”, com os livros “Novos ensaios” e “Pequena filosofia”, será lançado em setembro.

“Literaturas” e “Entre Livros” são uma compilação de crônicas e artigos escritos em quase dez anos por Marcelo Alves publicados na Tribuna do Norte e, mais recentemente, no Diário de Pernambuco (de Recife/PE).

“Recolhi aqui apenas textos inéditos em livros. E separei-os em duas grandes temáticas: literatura e filosofia (geral ou do direito)”.

Para quem gosta de iniciar uma leitura buscando referências e comentários, o livro de Marcelo é um bom exercício de análise. O escritor traz textos curtos e acessíveis, porém bem elaborados, segundo comentou o jornalista Gaudêncio Torquato em prefácio.

O exemplar “Entre Livros” condensa um bom conteúdo biográfico sobre autores que admira, como Machado de Assis, e sobre contextos históricos, a exemplo da pandemia e obras que tratavam sobre o tema.

No texto ‘Ficção de pandemia’, descreve: “Dos romances sobre epidemias, talvez o mais badalado seja “A Peste” (1947), de Albert Camus (1913-1960). O título ajuda bastante, é verdade. É impactante. Mas o conteúdo é também excepcional. Em 1940, substituindo os horrores da 2ª Guerra Mundial, uma peste bubônica devasta a cidade de Oran, na costa argelina. Romance existencialista, é a crônica de uma luta, a dos habitantes da cidade, subjugados pela natureza humana e pelo destino, contra a doença que se torna cada dia mais assustadora”.

Em outros textos, também discorre sobre Émile Zola, Oscar Wilde, Cesare Lombroso, Dostoiévski, Charles Dickens, Victor Hugo, Graciliano Ramos, entre outros.

Já em “Literaturas”, o autor dá o seu tom ao universo da crítica literária percorrendo tanto o clássico como o moderno. “Com refinada sensibilidade, ele elabora o sonho de promover o encontro entre autor, crítico e leitor, na busca de realizar o instante mágico de fruição estética da literatura como arte”, comentou desta vez Vicente Serejo, que assina o prefácio.

Marcelo Alves diz que procura inspirar em seu leitor a mesma paixão que a obra provocou em si. “Mostrar a beleza de embarcar numa história diferente do seu cotidiano, de viver outra vida, outras pessoas, a experiência que só a literatura proporciona”, explica, enfatizando que também celebra a importância do livro físico. “É uma forma de preservar as livrarias, ainda muito atreladas a esse formato”, acredita.

Marcelo Alves

Marcelo Alves Dias Souza é Procurador Regional da República, mestre em Direito pela PUC/SP e Doutor em Direito (PhD in Law) pelo King’s College London. Ex-Promotor de Justiça do RN, Mestre em Direito Processual Civil pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP e Pós-graduado lato sensu pela Universidade Lusíada do Porto, Portugal (2000).

Também é professor da Escola da Magistratura do RN. Membro da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras e da Academia de Letras Jurídicas do Rio Grande do Norte.

Serviço:

Lançamento de “Literaturas” e “Entre livros”, de Marcelo Alves Dias de Souza. Dia 7 de julho, às 18h, na Academia Norte-rio-grandense de Letras (Rua Mipibu, 443, Petrópolis).

Redação

Redação

Obrigado pela visita!

WhatsApp
Telegram
Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *