Governo anuncia R$ 1 milhão em editais para cultura potiguar

edital para cultura potiguar

PIX: 007.486.114-04

Colabore com o jornalismo independente

Nesta quinta-feira (26), a governadora Fátima Bezerra anunciará, logo mais no Teatro Lauro Monte Filho, em Mossoró, o concurso para o edital de Fomento à Cultura Potiguar 2019.

O edital objetiva a seleção de 80 iniciativas artístico-culturais a serem fomentadas pelo Governo do Estado, através da Fundação José Augusto.

Nesta primeira edição serão contemplados os segmentos artísticos de Música, Teatro, Circo, Artes Visuais, Audiovisual e Rádios Comunitárias.

Serão repassados recursos públicos, através de prêmios no valor bruto de R$ 970 mil. Desse montante, 50% será destinado à região metropolitana de Natal e 50% ao interior do estado. Os recursos são oriundos do orçamento geral da Fundação José Augusto.

CATEGORIA E VALOR DOS PRÊMIOS

Auxílio Música (24 videoclipes) – R$ 10 mil cada – Total de R$ 240 mil
Auxílio Montagens de Teatro (6 projetos) – R$ 25 mil cada – Total de R$ 150 mil
Auxílio Circulação Teatro (6 peças) – R$ 15 mil cada – Total de R$ 90 mil
Auxílio Montagem Circo (6 espetáculos) – R$ 12,5 mil cada – Total de R$ 75 mil
Auxílio Exposição Artes Visuais (10 exposições) – R$ 7,5 mil – Total de R$ 75 mil
Auxílio Produção Audiovisual (8 produções) – R$ 30 mil cada – Total de R$ 240 mil
Auxílio Rádios Comunitárias (20 projetos) – R$ 5 cada – Total de R$ 100 mil

Total de 80 Ações Incentivadas e um valor Total de prêmios de R$ 970 mil

COMISSÃO DE ANÁLISE

Além de R$ 24 mil para os doze membros convidados da sociedade civil para as comissões de seleção.

Música – 2 membros – R$ 2 mil cada – R$ 4 mil ao todo
Teatro – 2 membros – R$ 2 mil cada – R$ 4 mil ao todo
Circo – 2 membros – R$ 2 mil cada – R$ 4 mil ao todo
Artes Visuais – 2 membros – R$ 2 mil cada – R$ 4 mil ao todo
Audiovisual – 2 membros – R$ 2 mil cada – R$ 4 mil ao todo
Rádios Comunitárias – 2 membros – R$ 2 mil cada – R$ 4 mil ao todo

Valor Total dos Cachês Destinado as Comissões R$ 24 mil

OUTROS SEGMENTOS

Os segmentos não incluídos nesta edição como Dança, Literatura, Diversidade Sociocultural (Religiosa, Gênero, Étnica, Humana e Deficiência; e Geracional) e Cultura Popular (Teatro de João Redondo, Danças Populares e Folguedos e Literatura de Cordel), serão contemplados na próxima edição do edital que deverá ser lançada em março de 2020.

Sérgio Vilar

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

WhatsApp
Telegram
Facebook
Twitter
LinkedIn

1 Comment

  • Carlos Tourinho

    Parabéns ao governo pela coragem de incentivar a cultura em época de vacas magras.
    Vou participar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *