Parque da Cidade distribuirá livros gratuitos nesta segunda, no Dia do Livro

A equipe da biblioteca do Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte encontrou uma maneira criativa de comemorar o Dia do Nacional do Livro, celebrado nesta segunda-feira (23). É o projeto Adote um Livro no Dia do Livro, para incentivar o gosto pela leitura. A equipe selecionou livros que foram doados ao Parque da Cidade e que fogem dos propósitos da biblioteca de oferecer leitura de obras relacionadas ao meio ambiente, urbanismo e história da cidade do Natal, além de autores potiguares, literatura infantil e em braile.

De acordo com a chefe da biblioteca, Samya Maia, em torno de 150 obras literárias estarão disponíveis nos pontos de descanso B e F, que ficam nas trilhas e contemplam visitantes das duas entradas (Sul e Oeste) do Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte.

“Nós separamos os títulos que foram doados e não serão incorporados ao acervo da biblioteca, porque ela é especializada em meio ambiente, urbanismo e história da cidade do Natal. Mas, também temos um acervo infantil e títulos em braile para atender o público visitante de forma mais abrangente. Com esse projeto, estaremos incentivando o prazer pela leitura e a pessoa não precisa gastar dinheiro comprando o livro”, explica Samya.

Quem quiser participar, é só comparecer ao Parque da Cidade nesta segunda-feira (23), pegar o livro do seu interesse, sem custo algum e começar a viajar por meio das palavras e da imaginação. Mas, atenção, os livros estarão disponíveis enquanto durar o estoque. Para outras informações, é só ligar para o telefone 3232-3207.

Homenagem

O Dia Mundial do Livro foi escolhido em 1995, durante o XXVIII Congresso Geral da Unesco, em Paris. O dia 23 foi escolhido por ser a data da morte de três grandes escritores da história: William Shakespeare, Miguel de Cervantes e Inca Garcilaso de la Vega. Também é a data de nascimento ou morte de outros autores famosos, como Maurice Druon, Haldor K.Laxness, Vladimir Nabokov, Josep Pla e Manuel Mejía Vallejo.

About The Author: Sérgio Vilar

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *