Damião Gomes publica seu primeiro romance

PIX: 007.486.114-04

Colabore com o jornalismo independente

O escritor Damião Gomes acaba de anunciar a pré-venda do seu mais novo livro, o romance O Semeador de Palavras Avulsas (Unilivreira, 2023). Farmacêutico, Damião Gomes iniciou na literatura, com O Futurista (Chiado Editora, 2013), novela de ficção bastante elogiada por Nelson Patriota á época do lançamento e foi o crítico literário um dos maiores entusiastas da estreia de Damião Gomes nas letras. Sobre a narrativa dele, escreveu Nelson Patriota, na antologia de contos, da qual Damião foi incluso; Café Frio e Outros Contos (EDUFRN, 2017):

“Alguns contos, mesmo, chegam a se impor ao leitor de forma cativante ou arrebatadora. A variedade temática dos contos aqui reunidos é outra grata surpresa. Veja-se, por exemplo, o conto “Café frio”, de Cefas Carvalho, e o compare com “Coração de pedra”, de Damião Gomes da Silva, ou ainda com o trepidante “Abraço, beijo e calor!”, de Paulo Medeiros de Lima, e ter-se-á uma boa medida da diversidade das histórias: a primeira, carregada de uma leve melancolia inicial, deságua num humor negro que produz uma reviravolta completa no enredo, a exemplo de um conto de Rubem Fonseca; a segunda, a história de um Dom Juan que avalia as mulheres a partir de suas semelhanças com o reino animal, tem um pouco de um Maupassant dos trópicos”. Enfim, diante de tantos estilos, tantas histórias, não temos dúvida em afirmar que o conto potiguar contemporâneo está bem representado por esta coletânea”.

A narrativa do Semeador de Palavras Avulsas teve aval de nomes como Aldo Lopes, Demétrio Diniz e Carlos de Souza, portanto só devemos esperar um bom romance de ficção. Damião Gomes também participou de outras coletâneas, e por ocasião do lançamento do  primeiro livro de contos intitulado Coração de Pedra & Outras Histórias (CJA Edições, 2016), destacamos trecho de um artigo, publicado por nós, no jornal Tribuna do Norte:

“…Damião Gomes, é um daqueles casos  curiosos de amor à literatura. Farmacêutico de formação, atua no Hospital Walfredo Gurgel, e em meio ao caos do hospital escreve suas histórias, por incrível que pareça, sem relação alguma com o ambiente de trabalho. Autor da novela O Futurista, Damião Gomes, motivou-se a estrear nas letras, depois de ouvir do escritor Nelson Patriota, um dos nossos maiores críticos literários, que o livro estava pronto para vir a público. Após a primeira experiência, Damião, alçou maiores voos e publicou Coração de Pedra.., contos (2016), além de ter participado de vários concursos literários pelo país. Damião Gomes segue produzindo intensamente sua literatura, e atuando além de sua área profissional, proferindo palestras em escolas de várias cidades, sobre a importância da leitura, da literatura e dos livros.”

Sobre Coração de Pedra, escreveu Manoel Onofre Jr. para o jornal de Fato e para este Papo Cultura, em 2019:

“Doze histórias compõem esta coletânea, com grande variedade temática e formal. O conto inicial, “O Amigo da Onça”, por exemplo, é uma peça de humor sobre fatos cotidianos, beirando a anedota. No conto que dá nome ao livro, narrativa mais densa e impactante, evidencia-se a versatilidade do autor, que também incursiona, com desenvoltura, pelos domínios do maravilhoso e do fantástico, em outros contos.

A prosa fluente, despida de ornamentos, prende o leitor, envolve-o prazerosamente em sua malha. Um certo viés kitsch, presente, inclusive, nos títulos de alguns contos (“Não Maltrate o Coração de uma Mãe”, “Mar de Rosas”) confere à obra especial característica.”

Damião Gomes faz parte de uma geração que está repercutindo bem, com suas narrativas de ficção no Rio Grande do Norte. Ao lado de nomes como Aureliano, Bruno Magalhães, João Manoel Medeiros, João Saraiva, Jaime Azevedo, Bea Crispim e Márcio Benjamin, este último já com reconhecimento nacional, com romances e coletâneas de contos de horror rural e folclóricos, estão rompendo barreiras e conquistando cada vez mais o publico leitor.

Por fim, registramos que Damião Gomes está incluso também nas obras Alguns Livros Potiguares (CJA Edições, 2014), de Chumbo Pinheiro, Novos Contos Potiguares vol 2 (CJA Edições, 2021), de Thiago Jefferson Galdino e Impressões Digitais – Escritores Potiguares vol II (CJA Edições, 2014), de nossa autoria.

Para contato com o autor: https://www.instagram.com/damiao.gomesescritor/

Thiago Gonzaga

Thiago Gonzaga

Pesquisador da literatura potiguar e um amante dos livros.

WhatsApp
Telegram
Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *