engenho guaporé em ceará-mirim

Ceará-Mirim pode ganhar sua Casa de Cultura

Sérgio Vilar12 de março de 2019Opinião, Artigos e Crônicas, Image

Ceará-Mirim pode ganhar sua Casa de Cultura. A cidade guarda uma história colonial formidável, sua cultura, literatura e folclore são riquíssimos e o equipamento se faz necessário sob esses pontos de vista.

Mas há que se pensar na regra básica para aquisição de um novo bem cultural: a manutenção. Há dezenas de Casas de Cultura fechadas ou em condições precárias espalhadas pelo Estado.

A situação financeira do Estado é calamitosa. Seria o momento? Ao mesmo tempo, pode-se deixar passar essa oportunidade de um espaço para atividades culturais de tantos jovens e artistas? E de grupos fundamentais à cultura e história do Estado como o Caboclinhos e o Congo de Guerra?

Fato é que há um requerimento do deputado Souza aprovado no plenário da Assembleia Legislativa, há umas duas semanas, com esse objetivo.

Quem sabe uma parceria do Estado com a Fundação de Cultura Nilo Pereira? Ou a restauração de uma casa de engenho antiga, como o Engenho Guaporé, para abrigar essa Casa de Cultura? Seria um dois em um.

Essa Casa de Cultura é sonho antigo da população e merece ser bem pensada.

Sobre o autor

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *