magodasilva

58ª Feira da Diversidade traz MagodaSilva e Yrahn Barreto neste domingo em Pium

Sérgio Vilar29 de novembro de 2019Agenda, , , , Image

São oito horas ininterruptas de atividades culturais em um lugar aprazível. Por isso a Feira da Diversidade alcança sua 58ª edição neste domingo, sempre com bom público e atrações convidativas. O evento acontece no Porão das Artes, em Pium. Início às 12h e término às 20h. O acesso se dá mediante doação de um quilo de alimento ou R$ 3, que são doados ao Projeto Amar, da Vila de Ponta Negra.

Além da já tradicional feirinha de produtos, o evento oferece ainda shows com dois dos melhores compositores potiguares: MagodaSilva, acompanhado da banda Mulambo Vivo e o Carnaval Sem Futuro e com show do ainda inédito disco Ondeando, com início às 18h; e também o show de Yrahn Barreto, compositor dos mais premiados da nova geração.

MagodaSilva

Você sabe o que é Música Potiguar Mundi-Sã? Sinestesia pura. Você vai curtir sambarocksteadyfunksouldubaião… Dessa vez, um show tipo LIVE pra circular nos espaços de cultura do RN, divulgando o processo de arranjo e interpretação das composições que vão estar em sua próxima produção fonográfica oNdeaNdo, disco ao qual o Malandro Beatnik Nordestino se refere como música mais temperada, sempre em fluxo, se transformando ao vivo a cada vez que se escuta, como se faz em qualquer Jam Session.

O set tem faixas do CD e o pior qu’isso tudo não é ficção… (2011), do EP .com si em cia (2018), o uso de riddims, bases de
música digital, como dancehall, trap, afrobeat, batucadas sampleadas, binaural beats, além de versões do pop mundial.

A banda é formada por maGodaSilva (voz, guitarra e cavaquinho), que convida Amaro Trompa (trompete e flughel) e Dinei Teixeira (Percuteria), re-inventando sucessos de Paulinho da Viola, Ponto de Equilíbrio, Seu Pereira e o Coletivo 401, Baco Exu do Blues, J. Balvin e até canções de Domínio Público.

Yrahn Barreto

Yrahn Barreto é um colecionador de prêmios. Foi finalista do Concurso de Música da Cidade de Natal 2018 e do Forraço 2018 e 2019. Foi agraciado com Prêmio Deusa do Forró no Cine Teatro de Parnamirim na categoria Melhor Compositor em 2018. Venceu como melhor intérprete o Festival Dosinho de Marchinhas Carnavalescas 2018, além de melhor marchinha com a “Transforme-se” (Yrahn Barreto/ Jamilly Mendonça). Em 2019 ganhou o II Concurso de Marchinha Junina Faz mais Elino e o prêmio de melhor interprete do concurso.

Em 2015 Yrahn levou o Prêmio Hangar de Música na categoria “Melhor música do Ano”. Em 2016 “Melhor compositor do ano”. E em 2018 foi o único artista da noite a receber dois prêmios Hangar de Música: “Melhor intérprete e Melhor compositor do ano”.

Em 2014, Yrahn lançou na CIENTEC seu primeiro CD com 11 canções autorais intitulado, “GERAÇÃO”. Em 2015, lançou também na CIENTEC, o segundo CD “Ao Gosto dos Anjos” num formato intimista, voz e violão. Em 2018 Yrahn lança seu álbum de trabalho atual “Eu e a Máquina” no palco do SESC Cidade Alta com casa lotada.

Em agosto de 2016 Yrahn gravou o DVD do show “Ao Gosto dos Anjos” no TCP – Teatro de Cultura Popular Chico Daniel, sucesso da crítica local, o show foi indicado ao melhor show do ano no prêmio Troféu Cultura 2016, juntamente com outra indicação na categoria de melhor cantor. Repetindo a dose com a indicação na categoria melhor cantor do ano pelo Troféu Cultura 2017.

Sobre o autor

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *