Clube do Samba Potiguar retoma projeto, agora na Zona Sul

O Clube do Samba Potiguar irá para a zona sul de Natal após quase dois anos de apresentações na região de Petrópolis. O lançamento da nova temporada será na Tapiocaria da Vó, sempre no primeiro domingo de cada mês e no horário das 16h e 19h.

O projeto manterá as características dos encontros mensais que realiza uma vez por mês nas quartas-feiras. A proposta é executar composições de artistas locais e consagrados e também de receber um ou mais convidados.

O convidado neste lançamento de temporada será o compositor potiguar Zeca Brasil que será acompanhado pelos integrantes fixos do projeto: Mestre Zorro, Antônio Melé, Pedro Neto, Andiara Freitas, Júnior Pharmácia, Mestre Luiz e Arthur Canuto.

Sobre o Clube do Samba Potiguar

O projeto nasceu em agosto de 2015 inspirado numa idealização do compositor brasileiro João Nogueira. O objetivo é a busca de espaço para o samba e para as novas composições, estimulando o consumo e a produção artística no meio.

Sobre Zeca Brasil​

O artista nasceu em Pinheiros/MA, mas mora em Natal há mais de 30 anos. Sua carreira começou ainda na infância, quando ganhou um concurso de calouros em rádio com apenas 10 anos de idade. Aos 14 anos ele compôs sua primeira música (um samba!), chamado “Canção pra Ana”.

Ele possui atualmente seis álbuns e tem composições gravadas por diversas personalidades da música potiguar e brasileira.

Este blogueiro é um grande fã do Zeca Brasil, sobretudo como compositor. Belíssimas canções, algumas interpretadas por nomes nacionais. Confira mais deste artista no vídeo gravado pela rapaziada boa do Som Sem Plugs:

SERVIÇO

Evento: Lançamento da temporada Clube de domingo
Atrações: Projeto Clube do samba potiguar convida Zeca Brasil
Data e horário: Domingo, 07 de maio de 2017, das 16h às 19h
Local: Tapiocaria da Vó
Endereço: Rua Ver. Manoel Coringa de Lemos, 488, Vila de Ponta Negra, Natal, RN
Informações: (84) 98114-7400

About The Author: Sérgio Vilar

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *