Exposição de arte pop surrealista acontece nesta quinta em Natal

Uma exposição como há muito não se via em terras de Poti. Arte contemporânea de apelo pop mesclado ao surrealismo e paquera com o realismo a partir da visão da artista visual Renata Lisieux.

A vernissage da exposição ‘Empatia’ acontece nesta quinta-feira no Bardallos Comida e Arte (Cidade Alta), com abertura do DJ Daniel Russo, conhecido como Camarão Nativo, a partir das 19h. Acesso livre.

Os quadros ficarão expostos no Bardallo até dia 14 de outubro – todos à venda – com visitações todos os dias a partir das 11h.

A artista

Renata Lisieux já participou de exposições coletivas, a exemplo do projeto Janela Aberta, encampada pelo Sesc RN, e do projeto Ateliê a Céu Aberto, pelo IFRN Cidade Alta.

Já conquistou o segundo lugar na terceira edição do Salão de Desenho do CEBE ZN, este ano, o quarto lugar no Ateliê a Céu Aberto em 2016 e o terceiro lugar, neste mesmo projeto, em 2017.

PAPO CURTO

Influências?

Renata Lisieux – Para começar, o meu pai, Lavoisier Cunha, bastante conhecido por suas paisagens e os lindos trabalhos saudosistas que resgatam a infância da sua época. Ele foi minha primeira e grande referência.

Depois fui buscando me achar dentro da pintura, buscando uma identidade e acabei me envolvendo muito com esse estilo Pop Surrealista, o qual super me identifiquei, tomando como referência para os meus trabalhos, entre tantos outros artistas, o Paul Neberra, Bob Doucette, Dustin Bailard, Jasmine Becket-Griffith e Mark Ryden e Margaret Keane.

E o realismo nas suas obras?

Também Gosto muito de Horror Art e daí a natureza um pouco obscura dos quadros. Eu levo um pouco da obscuridade, mistério e uma visão além da crítica social, em alguns casos. Eu diria que seria uma forma mais intimista de olhar as situações, de se colocar no lugar do outro e tentar entender de mais perto as situações, independentemente da atmosfera do quadro, o que nos leva diretamente ao título da exposição: “Empatia”.

About The Author: Sérgio Vilar

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *