[POESIA] D’amores enganchados e desenganchados

D’amores enganchados e desenganchados

 

você veio chegando nos sons da guitarra se alongando

pelos destinos cansados…

você veio triste-alegre catando sonhos perdidos por aí

nos enganchos do Tempo

veio em passos de lua nua

pura impura

linda lânguida líquida

pele perfume fêmea

olhos luzindo flores

braços me abraçando

pernas me enroscando

deuses dançando dentro de nós

gemidos de la pasión!

                de la pasión!

               de la pasión!

serena louca majestosa a música do Infinito alma-invade

Vida sorrindo dentrofora de nós!..

praiacéuazul…    marmassaplenaprofunda…

gaivotas riscando sonhos

tardesmansas  noitevadias

emotions devotions and devorations

amorâncias e amâncias

 

… depois a tragibeleza de calmarias e tempestades

nas marés de solidão a dois…

tempos  tronchos

tempos trampos

tempos  trapos

encana desencana

abraços vazios

… depois o ritual cotidiano de sofrências e ausências

… depois os desenganchos nosso de cada dia…

… e os passos do Tempo na musiquinha do celular…

ei!… quando foi mesmo o último beijo?… diz aí… sei lá!…

About The Author: Ruben G Nunes

Ruben G Nunes

Desfilósofo-romancista & croniKero

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *