Pititinga, a doce enseada do sossego


Pititinga! Provavelmente, a grande maioria dos potiguares nunca ouviu falar desse lugar. Imagina os turistas! Tranquilidade, sucesso, sol, mar, água fresca, lugar inóspito é a receita para fugir alguns dias da vida e deixar as horas passarem sem ter notícias da “terra civilizada”. É essa atmosfera que torna a praia de Pititinga um dos melhores lugares para relaxar, deixar a vida passar como se o amanhã demorasse os quatro dias de carnaval.

Foto: Alex Gurgel

Para quem quer fugir, ficar bem longe do estresse, a praia de Pititinga é o local ideal para se esconder de todo o caos urbano. Naquele beiço de mar, os únicos ruídos são das ondas do mar quebrando na praia. É o local certo pra quem quer tirar a cabeça fora do ar, se desligar de tudo e ficar curtindo o tempo passar calmamente.

É como se os nativos de Pititinga se esquecessem de que há relógio e hora marcada. E ali as pessoas fazem questão de manter o sossego. Mesmo durante o período carnavalesco é possível que se escute música de carnaval de algum carro que passa ligeiro, um barzinho na vizinhança, ou algum bêbado se equilibrando no passo do samba imaginário… e mais nada.

Pititinga é uma praia linda, a água quente, a areia branquinha, repleta de coqueiros na orla e o silêncio… ah o silêncio! Ficar uns dias na enseada é uma benção pra quem vive na confusão das grandes cidades, no estresse do cotidiano urbano.

Distante cerca de 60 km de Natal, pela BR 101, no Litoral Norte, Pititinga é uma tímida comunidade, que abriga, aproximadamente, mil habitantes, cuja economia se baseia na pesca artesanal e em programas de assistências sociais. A igreja de Nossa Senhora dos Navegantes, construída na beira do mar, no início do século XX, é a única referência religiosa da cidade. A igreja evangélica ainda não chegou nesse paraíso.

Tags:,
alex gurgel

Fotógrafo e viajante

CONFIRA TAMBÉM

COMENTE

Receba nossas melhores notícias por e-mail

FACEBOOK

Instagram

Com o magro Tacito Costa para prestigiar o show de Sami Tarik no @bardallos. Começa às 21h. Só chegar. #musicapotiguar
Se você acha shows instrumentais tediosos eis o cara para desmistificar esse conceito. @sergiogroove não é só um gênio do contrabaixo, ele traz ao palco carisma, versatilidade para agradar gregos, troianos e atenienses, e o mais importante: divertimento. Ele diverte a plateia, seja com seu baixo, com seus joguetes vocais ou sua performance. E adivinha? Ele estará neste domingo no #somdamata acompanhado de uma seleção de músicos. Imperdível! #culturapotiguar #culturadorn #musicapotiguar
Em breve as estampas mais iradas do mercado, em camisas de excelente qualidade e o menor preço. Quer mais? Pois tem. Frete grátis para Natal! Sigam @cretivecamiseta e fiquem por dentro das novidades. #camisetasestampadas #culturapop #estampascriativas
Mirabô passando o som com o luxuoso acompanhamento de Rose Flor Caete. Início dos shows em instantes na Pinacoteca. Sami Tarik abre os trabalhos. Primeira edição do Mostra de Música Sete e Meia! #musicapotiguar
Fabio Rocha, vulgo @zecaxanga, é nosso Forrest Gump da música potiguar. E ele vai reunir oito bandas num festival no Ateliê Bar, próximo sábado. Baile imperdível e por isso tem textinho no nosso Papo Cultura sobre o evento e sobre os 18 anos de labuta desse cara. Merece! #musicapotiguar
Não fosse aquela mão me segurando e os conselhos e ensinamentos pra vida, hoje eu andaria por ai com capa preta, máscara e combatendo o crime em Natal City. Obrigado por me salvar do Robin, mamãe!