Manoel Onofre Jr. lista os 10 maiores clássicos da música potiguar de todos os tempos


Como simples apreciador da MPB, apresento a seguir uma lista de composições musicais que me parecem ser momentos altos do cancioneiro potiguar.

Refiro-me apenas aos clássicos, deixando os contemporâneos para outra oportunidade. Esclareço, também, que não há ordem de preferência na apresentação das composições.

10 clássicos da música potiguar

– Royal Cinema, valsa de Tonheca Dantas (Apelido de Antônio Pedro Dantas), indispensável no repertório de toda banda de música.

– Serenata do Pescador (Praieira), música de Eduardo Medeiros e letra de Othoniel Menezes – espécie de hino da cidade do Natal.

– Súplica, de autoria de Olímpio Batista Filho (música) e Ivo Filho (letra), modinha infalível nas serenatas de outrora.

– Céu Moreno, canção de Uriel Lourival (filho do poeta Lourival Açucena), grande sucesso na voz de Orlando Silva, “o cantor das multidões”.

– Normélia, samba de Raimundo Olavo em parceria com Norberto Martins.

– Mimi, valsa de Uriel Lourival, gravada por Sílvio Caldas e vários outros intérpretes.

– Sonoroso, choro de K- Ximbinho (pseudônimo de Sebastião Barros), em parceria com Del Loro – simplesmente antológico.

– Encontrei Afinal, samba-canção de Hianto de Almeida em parceria com o seu irmão Haroldo de Almeida – um dos maiores êxitos do repertório da cantora Dalva de Oliveira.

– Queixumes, canção de Henrique Brito em parceria com Noel Rosa (gravada pelos cantores Gastão Formenti e Carlos Galhardo sob novo título, Meu Sofrer).

– Prece ao Vento, canção de Fernando Cascudo em parceria com Gilvan Chaves e Alcir Peres Vermelho, gravada por Elizeth Cardoso, Ademilde Fonseca, Trio Irakitan (FOTO) e vários outros intérpretes.

 

Por fim esclareço que, na elaboração desta lista, levei em conta, apenas, o critério qualitativo; ignorei sucessos populares de gosto duvidoso – a chamada música brega.

————

NOTA: Manoel Onofre jr. é autor de MPB Principalmente (Natal: Clima Editora) e outros livros.

sergiovilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

CONFIRA TAMBÉM

COMENTE

Receba nossas melhores notícias por e-mail

FACEBOOK

Instagram

Espetáculo Gonzagando, pela Companhia de Dança da TAM, dirigido por Wabie Rose, no Arraia da Meninada, Cidade da Criança. Belíssimo! #culturapotiguar
Com o magro Tacito Costa para prestigiar o show de Sami Tarik no @bardallos. Começa às 21h. Só chegar. #musicapotiguar
Se você acha shows instrumentais tediosos eis o cara para desmistificar esse conceito. @sergiogroove não é só um gênio do contrabaixo, ele traz ao palco carisma, versatilidade para agradar gregos, troianos e atenienses, e o mais importante: divertimento. Ele diverte a plateia, seja com seu baixo, com seus joguetes vocais ou sua performance. E adivinha? Ele estará neste domingo no #somdamata acompanhado de uma seleção de músicos. Imperdível! #culturapotiguar #culturadorn #musicapotiguar
Em breve as estampas mais iradas do mercado, em camisas de excelente qualidade e o menor preço. Quer mais? Pois tem. Frete grátis para Natal! Sigam @cretivecamiseta e fiquem por dentro das novidades. #camisetasestampadas #culturapop #estampascriativas
Mirabô passando o som com o luxuoso acompanhamento de Rose Flor Caete. Início dos shows em instantes na Pinacoteca. Sami Tarik abre os trabalhos. Primeira edição do Mostra de Música Sete e Meia! #musicapotiguar
Fabio Rocha, vulgo @zecaxanga, é nosso Forrest Gump da música potiguar. E ele vai reunir oito bandas num festival no Ateliê Bar, próximo sábado. Baile imperdível e por isso tem textinho no nosso Papo Cultura sobre o evento e sobre os 18 anos de labuta desse cara. Merece! #musicapotiguar