Veja toda a programação do MADA com escalação dos shows por horários

Perto de completar duas décadas no calendário dos principais festivais de música do Brasil, o MADA – Música Alimento da Alma está com tudo pronto para sua 19ª edição, dias 29 e 30 de setembro, próximas sexta-feira e sábado, no estádio Arena das Dunas, em Natal. A partir das 18h os portões vão estar abertos para o público.

Sua realização conta com patrocínios da Vivo, Skol, Coca-Cola e Café Santa Clara através da Lei Câmara Cascudo do Governo do Estado do RN. E da Arena das Dunas por meio da Lei Djalma Maranhão da Prefeitura de Natal. O festival conta com apoios da Sunline Turismo, Rede InterTV Cabugi, Jovem Pan Natal FM.

A estrutura mantém os dois palcos gêmeos lado ao lado: Palco Skol, Palco Vivo e o lounge Coca-Cola, além do rockstage, feira mix e praça de alimentação. Os ingressos estão à venda nas lojas da IByte (Midway e Natal Shopping) e na Sympla.

O que assistir na sexta-feira

Shows inéditos de Eliano, artista de Pau dos Ferros que tem um trabalho ligado ao folk rock e a literatura. Ele se apresenta com uma super banda formada por Ricardo Baya (guitarra), Júnior Primata (baixo) e Erickson Grilo (bateria).

Também o sexteto natalense Seu Ninguém, banda de rock com vocais melódicos e acento pop.

Plutão Já foi Planeta mostra uma evolução de seu trabalho com o novo álbum “A Última palavra Feche a porta”.

De SP vem Deb And The Mentals, eleita a melhor banda da Seletiva Nacional. Ela faz um rock garage potente.

A artista potiguar Kaya Conky fará um pocket show de lançamento do seu EP “Sabe que vai”.

Último nome anunciado, o rapper baiano Baco Exu do Blues chega para sacudir o universo das rimas com o elogiado álbum Esú.

Do RJ vem Mahmundi, banda com referências ao pop eletrônico dos anos 80 e letras leves e bem construídas.

No balanço de ritmos latinos e eletrônicos, Banda Uó (FOTO) chega trazendo toda a irreverência do tecno pop com pitadas do brega e do funk.

Para encerrar a noite em grande estilo, um nome que dispensa apresentações. Nando Reis chega a Natal com a turnê inédita de Jardim Pomar, seu novo disco. No show, assinado por Roger Velloso, o público poderá conferir as músicas do novo álbum, como “Só Posso Dizer”, “Azul de Presunto”, “Pra Onde Foi”, “Inimitável”, entre outras. O cantor também não deixa de lado os grandes sucessos de sua carreira, como “Os Cegos do Castelo”, “Sou Dela”, “All Star”, “O Segundo Sol”, “Relicário” e “Marvin”.

O que ver no sábado

Alguns dos mais inovadores artistas da cena contemporânea mostram seus trabalhos pela primeira vez em Natal: começa com Kung Fu Johnny, a potiguar que esteve no Rock In Rio mostra seu stoner rock com vocais melódicos.

Carne Doce chega de Goiânia mesclando psicodelia e letras poéticas, que falam de cotidiano. A banda apresenta seu recente disco “Princesa”.

O trio potiguar DuSouto sobe ao palco para apresentar o álbum “Conecta”, lançado quarta-feira nas plataformas digitais e ainda inédito ao vivo. Influenciado música eletrônica, o Dusouto une ritmos latinos, nordestinos, com reggae e dub.

Estrela do rap feminino, Karol Conka está de volta para um show maior e mais recheado de rimas poderosas.

Maior nome do rock feminino nacional, Pitty volta a estrada para mostrar ao vivo o repertório do álbum “SeteVidas”. Há algumas semanas a cantora baiana gravou o clipe com Elza Soares da visceral “Na Pele”, composta por Pitty para o álbum de 2014, mas que ela acabou presenteando a Elza.

O encerramento do MADA não poderia ser mais completo com o combo sonoro Baiana System. Fenômeno atual em vários festivais e também em Salvador, onde a banda vem lotando shows e sendo requisitada tanto pelo universo independente quanto pela indústria do axé, a Baiana traz uma riqueza rítmica de sons ancestrais da Bahia, do samba do Recôncavo, dos tambores, guitarra baiana, do samba reggae, ijexá, axé e kuduro misturados ao sound system jamaicano. Sons que servem de molduras para as letras que tratam do cotidiano das metrópoles, desigualdades sociais, da vida e do carnaval.

A banda é formada pelo carismático Russo Passapusso e os multi-instrumentistas Roberto Barreto, SekoBass e Filipe Cartaxo, e apresentará o repertório de seu álbum “Duas Cidades”, com a canção homônima além de sucessos como “Jah Jah Revolta”, “Lucro (Descomprimido)”, “Playson”, “Invisível”, “Terapia”, entre outras. Baiana System foi a grande vencedora do 28º Prêmio da música brasileira, vencendo em várias categorias.

SERVIÇO

19ª edição do Festival MADA
Dias 29 e 30 de setembro, a partir
Das 18h, na Arena das Dunas, Lagoa Nova
Ingressos na e-Byte (Natal Shopping e
Midway Mall) ou na Sympla
https://www.sympla.com.br/festival-mada-2017__124971
Natal-RN

About The Author: Redação

Redação

Obrigado pela visita!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *