Projeto Leia Mulheres chega a Parnamirim e Assu

Neste domingo tem mais uma edição do Leia Mulheres em Natal. Desta vez, dentro da proposta itinerante de variar espaços de leitura, o projeto acontece na biblioteca do Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte, às 15 horas, com acesso livre. A obra discutida desta vez será “Orlando”, de Virgínia Woolf.

Num breve resumo da trajetória do projeto, o Leia Mulheres nasceu em 2014 quando a escritora e ilustradora britânica Joanna Walsh propôs o projeto #readwomen2014, originalmente, com a ideia de empoderar as mulheres e aliar-se na luta pela sobrevivência no mercado editorial, onde predomina o sexo masculino.

A ideia foi disseminada para outros países e chegou ao Brasil com a consultora de marketing Juliana Gomes, a jornalista Juliana Leuenroth e a transcritora Michelle Henriques, que iniciaram o clube de leitura em São Paulo. Depois disso, Porto Alegre, Brasília, Rio de Janeiro, Fortaleza, Curitiba, Recife e Natal. E aqui no RN, o clube de leitura chegou, também, em Parnamirim e Assu.

A proposta do Leia Mulheres é trazer os escritos femininos, nacionais ou estrangeiros, e o seu universo para mais perto dos leitores. Em Natal, o projeto foi iniciado e é medidado por Maíra Dal´Maz, Isabela Helena e Danielle Sousa e já dura mais de um ano.

“Num breve balanço de um ano podemos afirmar que a coletividade, organização e diálogo tem sido a pedra de toque, afinal esta é a intenção do projeto: nos organizarmos frente às opressões da lógica mercadológica que subalterniza a mulher que escreve”, disseram as mediadoras.

EM PARNAMIRIM

Para abrir com chave de ouro e tinta de grafitti, o primeiro Leia Mulheres Parnamirim discutirá a obra “Devolva meu lado de dentro”, da Eveline Sinhá, escritora e grafiteira natalense residente em São Paulo.

A estreia do clube de leitura parnamirinense acontece já neste sábado, às 16h, na Praça da Paz de Deus. Será mediado por Luma Virgínia, Camila Souza e Evelyn Sousa. A coordenação recomenda trazer cangas para sentar na grama e recitar muita poesia.

EM ASSU

O grupo Leia Mulheres Assu já adentra sua quarta edição no próximo 1 de julho, com discussão da obra “Sejamos todos feministas” da escritora nigeriana Chimamanda Adichie. Acontecerá também às 16h, na Praça São João Batista. Mediação de Dayse Moura, Jaiza Lopes, Nayara Xavier, Yamara Santos, Luma Virgínia (que também media o de Mossoró), e Lissa Chrisnara.

A Dayse Moura acompanhou algumas edições do Leia Mulheres Natal, assim como as de Parnamirim. Todas amigas que tomaram a iniciativa de reverberar a proposta do projeto para outras cidades. Que surjam mais Leia Mulheres.

About The Author: Sérgio Vilar

Sérgio Vilar

Jornalista com alma de boteco ao som de Belchior

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *