Chora, harmônica! Morreu James Cotton

Chora harmônica!

Certamente muitos nem ouviram falar dele, pois até hoje os protagonistas do blues continuam quase no anonimato. Mas certamente James Cotton, era um personagem importante no gênero e sobretudo no cenário histórico das harmônicas.

O gaitista norte-americano, morto nesta quinta (16) aos 81 anos, foi um dos grandes desbravadores desse instrumento sem cátedra e ainda pouco reconhecido. Com intuição e sentimento, foi solista de grandes nomes do gênero como, Johnny Winter, Howling Wolf e Muddy Watters, entre outros.

Seguiu carreira solo, trazendo a harmônica para frente do palco, elevando-a à condição de intérprete principal do estilo. Esteve algumas poucas vezes no Brasil com sua banda tocando para uma meia dúzia de interessados.

Para mim, que sempre me conectei às gaitas, foi influência fundamental e decisivo para que eu respirasse música através desse aparelho.

Cotton determinou a presença da gaita no blues ao lado de Sonny Boy Willianson, Little Walter e Carey Bell.

Músico de um tempo lendário na canção contemporânea.

Se você não o conhece, visite-o no youtube! Eis abaixo uma mostra.

About The Author: Moisés de Lima

Moisés de Lima

Pai de Sarah, jornalista, músico e gaitista chegado às coisas da história e da arte com um sentimento voltado para a budicidade da vida.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *